Resenha do livro: As noivas de Robert Griplen

em 23 dezembro 2017

   Olá meu povo, como estamos? Hoje, quase em reta final de Blogmas 2017, estamos aqui para fazer a resenha do último livro que li, As noivas de Robert Griplen, em parceria com a autora nacional Talita Vasconcelos.


Blogmas 2017



  Vem ver! 😉






As noivas de Robert Griplen






Livro: As noivas de Robert Griplen

Autora: Talita Vasconcelos

Ano: 2015

Páginas: 382


As irmãs Susan e Anne Dawson mergulham num mistério sobrenatural… Literalmente! E descobrem que as profundezas do mar de Salem, a cidade das bruxas, guardam mais segredos do que se pode imaginar.Uma mansão, magicamente preservada nas profundezas por duzentos anos, pode ser o palácio particular do homem de seus sonhos. Mas ceder aos encantos dele pode transformar os sonhos em pesadelos.Seus destinos, lamentavelmente, se cruzam ao de inúmeras moças que vieram antes delas, e que não puderam resistir ao encanto nas águas de Salem.Robert Griplen, um homem amaldiçoado pelo destino, é tragicamente separado de sua noiva na véspera do casamento.E duzentos anos profanando a morte para encontrá-la pode ser tempo demais. Mas ele não tem escolha. Pois a cada primavera, ele precisa escolher uma nova noiva.

    Estamos em Salém, uma cidade de Massachussets, Estados Unidos, em 1846. Há um passado tenebroso da história da cidade, sobre bruxas sendo queimadas, o que se tornou um estigma para o local e a população. Mas o que muitas pessoas não sabem... ou ignoram poe achar não ser real, é que existe um perigo muito pior que esse passado sombrio... Há exatos 200 anos a família Griplen, uma rica e poderosa família foi destruída por uma briga entre pai e filho, mas isso acabou custando não apenas as almas dos parentes, como lançou uma maldição em toda a cidade.
   A família era composta por feiticeiros muito poderosos, com uma força sobrenatural, a qual era capaz de atrair muitas pessoas, que ficavam tão fascinadas ao ponto de fazerem tudo o que eles queriam, quando eles queriam... Mas Robert estava perdidamente apaixonado por Lucy Croft, uma jovem linda que seria em poucos dias sua esposa. No entanto, seu pai não aprovava o casamento, pois apesar de rica e linda, a moça carregava em sua pele a cor dos escravos. Sim, Lucy vinha de uma família de escravos libertos, que souberam administrar o que tinham e tinham uma boa condição financeira, se estabelecendo em Salém.
   Robert tinha o apoio de sua mãe, que aprovava o casamento, e de sua irmã caçula, Emily, que também aprovava a união dos dois. Mas seu pai, o feiticeiro mais poderoso da família, estava tão disposto a acabar com esse relacionamento, que usou sua magia para lançar uma maldição sobre a moça; eis que ela nunca teria um herdeiro para continuar a família Griplen. Com raiva, Robert se vingou do pai, lançando um contra feitiço... feitiço esse que seria o responsável pelo fim da família... e início do tormento de toda Salém...

"Os Griplen pertenciam a uma antiga comunidade de feiticeiros: uma das últimas comunidades da Velha Ordem. Sua magia era algo sobrenatural e praticamente inexplicável para quem não fazia parte de seu mundo, mas Lucy compreendia que aquele poder era antes uma maldição que uma virtude."

"Eu juro que nem minha família, nem o destino, nem mesmo a morte será capaz de impedir que passemos a eternidade juntos, minha Lucy. Embaixo ou em cima da terra, sob as bençãos do céu ou as maldições do inferno, ficaremos juntos para sempre." 

   Disposto a acabar de vez com o pai, Robert acaba afundando a ilha onde moram, mas por um estranho motivo, sua mansão não se destruiu... muito menos seu amor por Lucy, com quem se casaria no dia seguinte, 24/03...
   Ao saber do ocorrido com seu noivo, Lucy, em prantos, se joga do penhasco próximo de sua casa... E nunca mais se ouviu falar deles... Até 1846...
   Susan e Anne são gêmeas, mas suas personalidades pouco se parecem. No entanto, são muito unidas, principalmente depois da morte de seus pais, num acidente muito sério, desde que eram crianças. Elas cresceram sendo cuidadas por um reverendo e por uma governanta, a quem elas tem muito apreço. Elas estão para fazer 17 anos na próxima primavera, 24/03... mas algo perturba toda a cidade... inclusive as duas... existe uma tal doença da primavera, que leva uma menina ao completar 17 anos, toda data de 24/03. Coincidência ou não, todo ano, nessa data, o clima fica meio sombrio em toda Salém. Ainda mais depois que uma senhora ficou louca e gritando por toda cidade que as mães deveriam proteger suas filhas de um suposto demônio que precisava se casar...
   Até então seriam devaneios de uma velha maluca se não fossem por estranhos sintomas que Anne vinha apresentando de uns dias para cá... Susan, preocupada com a irmã, decide investigar mais sobre esses sintomas, e o que encontra não é nada legal...
   Há uma lenda que ronda a cidade, de que todo ano, no dia 24/03, uma jovem de 17 anos sucumbe aos encantos de um rapaz que aparece em seu quarto, espalhando aroma de jasmim. Elas sempre sofrem de sonambulismo e se jogam de um penhasco... No dia seguinte, a família faz um enterro simbólico, afirmando que a jovem supostamente faleceu de uma doença que a deixou irreconhecível e o caixão deveria ser fechado, para evitar pesadelos nas pessoas durante o velório...


"Pela redenção das almas que sucumbiram ao espírito profano das águas."

   Mas Susan, em busca da salvação de sua única família, vai em frente e descobre que o tal espírito profano é ninguém menos que Robert Griplen, uma alma amaldiçoada pela própria paixão e raiva. Todo ano ele busca uma jovem, da mesma idade de Lucy, para suas núpcias. Mas ao seduzir a jovem e levá-la para seu casamento, o encanto se quebra, e ele se desilude, voltando à sua busca pela sua amada. E a jovem seduzida... bem... vira mais uma "noiva de Robert Griplen, o espírito profano das águas", incapaz de descansar em paz, assim como Robert, por toda a eternidade...
  Anne está cada vez mais próxima de se tornar uma das noivas, mas Susan não quer deixar isso barato, por mais que custe sua vida... Se ela vai conseguir, só lendo os próximos livros pra saber...
   Bom, recebi esse livro diretamente de nossa autora parceira, a Talita. Foi lido em versão ebook, o que não é problema para mim, visto que possuo o leitor digital. A fonte está no tamanho ideal, a história bem escrita e bem no estilo Fallen. Eu curti a história e gostaria de ler o restante dela, pois queria saber o que Susan com relação à maldição.
   Falando nela, gostei bastante da personalidade da moça, que apesar de gêmea, deveria ter sido levada também pela maldição, mas não foi, por um motivo não explicado durante o texto. No entanto, é uma moça forte e inteligente, capaz de ultrapassar todos os limites para salvar quem ama mesmo que isso custe sua vida.


"Nunca foram, porém, as gêmeas que se via em todos os lugares. Susan e Anne não tinham o mesmo rosto, e, embora os cabelos fossem da mesma cor, tinham uma textura diferente [...]. O que não tinham de semelhança aparente, no entanto, tinham de cumplicidade, sobretudo depois da morte dos pais há quatro anos [...]."



   Salém sempre é referida como a cidade amaldiçoada, por causa da inquisição, que queimou milhares de mulheres ditas bruxas na época. E desde então, não se ouve mais falar dela. Ter uma história que mencione a cidade como cenário e sem pessoas sendo queimadas foi uma boa pegada, mas ainda temos não bruxas, e sim bruxos, como Robert e seu pai, que brigam por causa da noiva que o jovem escolheu.
   O pai de Robert não se conforma pela escolha do filho, já que ele se casaria com uma menina que deveria ser sua escrava. Mas Robert está além desses conceitos e decide ir até o fim com o casamento, ainda mais depois que ela, mesmo sabendo que ele era um feiticeiro poderoso e perigoso, ainda quer ficar com ele. Mas a perseverança está no sangue, já que o mesmo esforço que Robert faz para ficar com a moça, é o que seu pai faz para separar o dois. E eles estão tão amaldiçoados, que mesmo passando a eternidade juntos, Lucy vê Robert, mas o rapaz ainda seduz moças pela cidade, vendo Lucy em todos os lugares. Ao conseguir que a menina se case com ele, o encanto se quebra e ele vai curtir sua dor de cotovelo até o ano seguinte, em 24/03, para se casar com uma nova Lucy... Para mim, isso nem seria mais amor, mas uma obsessão da parte de Robert... obsessão essa que acaba com a vida de várias e várias jovens, nascidas na data de seu casamento não consolidado...


“Se alguém está lendo estas palavras, significa que estou perdida num limbo do qual é impossível escapar. Ele me pegou! E talvez seja tarde demais para mim, mas pode não ser tarde demais para suas filhas, netas, irmãs e amigas…Talvez você não acredite em mim, mas aceite um conselho sincero: na primavera, afaste todas as moças de dezessete anos da cidade. Quem sabe, assim possam salvá-las. Pois a cada primavera, no aniversário de sua morte, ele precisa se casar.Então, mesmo que você não acredite em mim, proteja as moças. Não deixe que se tornem suas noivas…”.

   Já fazia tempo que eu não lia romances sobrenaturais e curti bastante a leitura. Se quiser saber mais sobre a obra, basta clicar num desses links aqui embaixo, onde você pode ler alguns dos quotes selecionados pela própria autora, além de saber mais sobre os outros livros publicados por ela.


Talita Vasconcelos

Quotes 

   E se quiserem ler um pouco da degustação do livro, ou até mesmo comprar, basta clicar num desses links aqui embaixo:

Saraiva

Wattpad






   Agora vamos saber um pouco mais sobre nossa nova autora parceira:


Talita Vasconcelos


"Sou paulistana, vinte e poucos anos, atualmente moro em Atibaia,interior de São Paulo. Na infância, eu adorava desenhar,principalmente desenhos de moda, e todo mundo pensava que eu seriaestilista. Mas aos dez anos, as letras falaram mais alto. Tenho doisromances publicados em edição física pela Editora Desfecho: Alma deRosas (2015) e Raptada (2017); e dois e-books publicados pela Saraiva:A Morte Não é o Fim (Antologia, 2013) e As Noivas de Robert Griplen(Romance Sobrenatural, 2015). Além de vários contos publicados noWattpad, no Nyah e outros sites."



Talita Vaconcelos


   Já conheciam alguns dos livros dela? Me contem aí! 😉
   Até mais!
 













Blogmas 2017


Um comentário:

  1. Olá! Não sou de ler nada relacionado a bruxas e feitiços, mas esse romance sobrenatural me pareceu muito bom, com a dose certa de dramas familiares e uma personagem principal com personalidade forte, sem exageros. Já fiquei curiosa pela leitura e pode entrar na minha lista para 2018.
    Beijos!
    Karla Samira

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo