Resenha do livro: 11 vezes madrinha

em 11 novembro 2017

   Olá meu povo, como estamos? Hoje estou aqui para falar sobre um livro que li recentemente, '11 vezes madrinha', de nossa autora parceira Mônica Meirelles. Quer saber mais sobre ele? Então chega mais! 😉

11 vezes madrinha






11 vezes madrinha
Mônica Meirelles


Livro: 11 vezes madrinha: nenhuma vez noiva

Autora: Mônica Meirelles

Ano: 2016

Páginas: 198


Melissa é uma mulher independente, disputada, querida, bem resolvida. Embora todas suas amigas estejam casadas, o que consequentemente causou sua benção em 11 casamentos, Mel não se importa em ainda não ter encontrado o seu "match" mesmo que esteja chegando aos 30. Afinal, Mel é uma solteira que nunca está só! E ela adora isso!Porém, quando recebe o convite para ser madrinha do casamento de um casal de amigos, inicialmente, Mel fica muito feliz, afinal foi ela quem uniu esse casal. Ela só não imagina que a convivência com a noiva vai fazê-la enxergar que Renata não é mulher certa para seu amigo, Marco, quem há anos atrás ela costumava beijar. Assim, Mel vai tentar de tudo para ferrar com esse casamento.

   Melissa (ou Mel) é uma mulher linda, independente e dona de um ateliê de vestidos de noiva. Apesar de feliz com o sucesso que é sua loja e lidando constantemente com casamentos e mais casamentos, ela mesma não quer se casar. No entanto, não consegue sair desse mundo, já que além das freguesas, suas amigas todas estão casadas... ou quase todas... e em todos os casamentos Mel foi a madrinha!
   Sim, 11 vezes madrinha... e está para ser madrinha pelo décimo segundo casamento, de sua amiga Renata. Melissa se sente orgulhosa, afinal vai ser madrinha de um casamento que ela mesma tem o dedinho para fazer acontecer; Mel foi quem apresentou Renata ao Marco, seu grande e antigo amigo... com quem teve um caso pouco tempo antes de apresentá-lo à atual noiva.

"Quando todas as minhas amigas e primas se casaram, eu fui convidada para ser madrinha de casamento. Não que eu seja tão requisitada assim por elas a ponto de las me oferecerem essa honra. [...] As casadas são onze, de todas fui madrinha e vi uma a uma indo embora."

   Só tem um probleminha... Melissa começa a perceber certas coisas a respeito de Renata...  Primeiro a noiva se diz grávida e por isso nada serviria nela... Vai em todas as lojas que alugam vestidos de noiva, mas o ateliê da Melissa, que deveria ser o primeiro requisitado, está fora da lista...  Depois, misteriosamente, Renata começa a fazer drama toda vez que fala com Melissa, dizendo o quanto é deixada de lado, mas na realidade ela que está deixando Melissa de lado e andando com Sâmela, uma outra moça que supostamente é unha e carne com a noiva...

"Já reparou que essas pessoas sem caráter sempre tem uma amiga sem papas na língua? Ah, e sem cérebro também? Pois é! Aqui está a Renata  a sua amiga sem cérebro, vulgo Sâmela, lhe entregando."

   Melissa começa a desconfiar e tudo começa a ficar mais claro quando a mocinha descobre algumas coisas sobre o passado de Renata. Principalmente quando uma senhora aparece no seu ateliê e aluga um vestido, se dizendo mãe de uma noiva, que vai ao casamento da própria filha, mesmo sem ter sido convidada...
   A partir de então, Melissa vai juntando as peças e descobre que nunca conheceu a Renata de verdade... E aí vem a missão... será que ela deve contar a verdade para o noivo? O que Marco pensará a respeito disso? Será que ele acreditará?


"O mundo me obriga a ser insana..."

   Um Chick-lit cheio de de reviravoltas, revelações e vestidos de noiva belíssimos... digno de um filme daqueles que você veria várias e várias vezes... É assim 11 vezes madrinha. Melissa na realidade é o que muita mulher gostaria de ser... sem medo de ser feliz e sem ligar para o que vão pensar sobre sua vida amorosa. Ela é uma solteira convicta, não tem medo de dizer a quantidade de caras com quem dormiu e nem liga de repetir a dose. Casamento não está em seus planos... mas na real estão sim... ela que tem medo de se amarrar no fim das contas... Como vimos, nem os personagens são perfeitos, já que ela também tem um ponto fraco... (rsrsrs)


"Eu não quero me casar. Quer dizer, eu não faço mesmo questão. Nem toda mulher precisa se casar, certo?"


   Renata, a tal amiga, na realidade é uma invejosa, que não se cansa de humilhar Melissa, mas na realidade queria era ter a vida dela, a personalidade dela. Tanto que fez de tudo para ter até o único cara por quem Melissa realmente se apaixonou um dia (embora só tenha admitido um pouco tarde demais). Foi capaz de arranjar tanta mentira, que até a mãe ela matou (simbolicamente), para que ninguém soubesse de seu passado pobre... e podre...
  Eu até curto Chick-lit, mas esse devo dizer que foi um dos que me surpreenderam. A Mônica conseguiu mandar muito bem nos personagens e eu me diverti muito com a Melissa e seus planos para dar a volta por cima. Sinceramente eu fiquei imaginando como seria se as cenas fossem num filme. Daria super certo... 😊
   Dou a nota máxima para o livro, que entrou para minha lista dos queridinhos de 2017, e super recomendo a leitura.




   E... aproveitando para apresentar para vocês nossa nova autora parceira, a Mônica Meirelles.




Mônica Meirelles é uma carioca que desde sua adolescência se descobriu apaixonada por ler e escrever, mas o hábito de escrever surgiu em 2015, quando resolveu publicar seu primeiro livro no Wattpad. No ano seguinte, na Amazon. É formada em Letras e conta com cinco e-books publicados. 



  Para quem quiser saber mais sobre os livros da autora basta clicar nesse link:

11 vezes madrinha

A vez de Anne


A vez de Anne
Mônica Meirelles

   Não sei se repararam aqui do lado, mas este livro é uma das minhas leituras da vez. Então aguardem pela próxima resenha em parceria com a autora!
   Já conheciam a autora?  E os livros dela? Me contem aí! 😉






 

7 comentários:

  1. Oi Hanna!
    Eu não curto chico-lits, então sei que não é leitura para mim. Mas para quem curte o gênero, parece ter elementos que funcionam super bem.
    Beijos,
    Alem da Contracapa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Mariana, tem que curtir o gênero, eu quando não curto passo bem longe até das sessões na livraria... rsrs
      Mas obrigada pela visita! =)

      Excluir
  2. Oi Hanna, tudo bem? Eu não conheço a autora, mas pela resenha parece um chick-lit bem do estilo que eu adoro, pra gente se divertir na leitura! Adorei a dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Que bom Mi, tomara que possa ler 11 vezes madrinha então. Garanto que vai amar! =)
      Bjks e obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Acredita que eu sequer conhecia o gênero chick-lit?!
    Serei madrinha pela 1ª vez quarta-feira e o livro me interessou pelo título! Kkkk.
    A história parece ser divertida apesar de toda a tensão. Adorei os quotes! :)

    Beijos,
    Me chama de Bella
    Isabella Proença Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que não conhecia o gênero?! Tan tan taaaannnnn!!!! hahahahhaha
      Eu também já tinha lido n livros desse gênero, mas só vim saber que tinha um nome há bem pouco tempo, então não se espante! ;)
      Poxa, que legal você ser madrinha pela primeira vez! Eu tb já fui madrinha e é uma missão! Tomara que a sua seja bem sucedida! ;)
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Olá! Adorei conhecer o livro e a autora! A história me parece muito real e bem divertida! Fiquei curiosa para saber como tudo isso termina e, claro, como é o 11º casamento (se é que ele realmente acontece!!). E também para saber o destino de Melissa! Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo