Sherlock Holmes - O signo dos quatro | Sir. Arthur Conan Doyle

em 12 abril 2021

    Olá meu povo, como estamos? Hoje temos a resenha da minha última leitura, que também faz parte do projeto #12livrospara2021. O projeto está rolando por aqui desde 2019, em parceria com as meninas do MãeLiteratura e Pacote Literário
  Para quem está chegando agora, ou não se lembra, os livros para o projeto desse ano foram escolhidos por vocês e, para representar o tema de abril, 'Um mistério bem misterioso', o livro vencedor foi Sherlock Holmes - O signo dos quatro, de Sir. Arthur Conan Doyle.  

Sherlock Holmes - O signo dos quatro | Sir. Arthur Conan Doyle
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna


16/24

Livro: Sherlock Holmes - O signo dos quatro 

Autor: Sir. Arthur Conan Doyle 

Editora: Melhoramentos 

Páginas: 232

Ano: 2011 (original em 1890)



Nesse livro, o mais famoso detetive da história da literatura universal, Sherlock Holmes, tem um novo mistério para desvendar: quem matou Bartolomeu Sholto e levou o tesouro de Agra? Ao lado do dr. Watson, seu parceiro de investigação, Sherlock Holmes mais vez uma dará ao leitor uma amostra de astúcia e brilhantismo ao desvendar o caso.
O Signo dos Quatro apresenta os fantásticos métodos de Holmes na solução de um enigma aparentemente intrincado. Mortes, roubo, um grande tesouro e uma caçada pelo rio Tâmisa envolvem a trama que se desenrola nesta rica e sedutora narrativa ambientada na Londres do século XIX.


Sherlock Holmes - O signo dos quatro | Sir. Arthur Conan Doyle

 


   E lá vamos nós a mais uma aventura do detetive consultor mais famoso de todos os tempos, Sherlock Holmes, que, para variar, já começa o livro entediado e sem um caso para resolver. 
   Pense, então, em como ele fica interessado logo de cara, quando aparece uma mocinha chorosa em sua porta, procurando seus serviços, para resolver um caso de desaparecimento. 
   A mocinha se chama Mary Morstan, que deu seu pai como desaparecido misteriosamente. Holmes, que sempre enxerga os pequenos detalhes em tudo, acaba aceitando o case sem nem pensar muito, e está certo em dizer que esse será um caso e tanto a ser resolvido. 


  Eu gosto bastante das aventuras de Holmes e Watson, mas nunca li os livros na ordem. Pense na minha surpresa ao fazer algumas descobertas com esse livro. 
  O signo dos quatro é realmente uma das melhores tramas que li do detetive consultor, com muitos elementos já conhecidos, assim como alguns personagens. 
  Temos aqui também uma das últimas aventuras de Holmes e Watson como parceiros oficiais, já que a Mary que aparece aqui é a Mary esposa do Watson. 
  Então o caso acaba tomando uma dimensão não apenas de mistério, mas também de despedida, já que Holmes sabe que a vida deles nunca mais será a mesma quando Watson estiver casado. 
  Antes que me julguem que estou dando algum spoiler, leve em consideração que esse é um clássico do século XIX e nunca foi mistério que Watson se casa, já que vários filmes e as últimas adaptações de séries mostram claramente o ciúme de Holmes com o relacionamento de Watson e Mary (rsrsrs).
  Voltando para a trama central, Mary vai procurar os detetives para investigar o desaparecimento de seu pai, um homem tão bom, que parece até um santo, mas que sumiu sem deixar vestígios. 
  Aparentemente, seu desaparecimento está ligado a uma série de assassinatos que vem acontecendo na mansão Pondichet. 
  A mansão, outrora um lar de paz e tranquilidade, esconde muitos segredos, pelos quais vale a pena matar, sequestrar, roubar... o que for preciso para mantê-lo muito bem guardado. 
  Aos poucos, Holmes e Watson vão desmanchando o nó de mistérios e revelando esses segredos que acabaram me conquistando. 
  Esse é o segundo livro que favoritei do autor, pois foi realmente um bom mistério, que não entregou logo de cara os fatos. 



  Levados apenas para investigar o desaparecimento do pai de Mary, Sherlock e Watson se deparam com um cenário inesperado até para o detetive consultor mais esperto: o assassinato de Bartolomeu Sholto, o dono da mansão, na cara de todo mundo! 
  Quem poderia ter assassinado o sr. Sholto? E como conseguiu fugir na cara de todos os moradores da mansão, se estavam todos em casa? 
  O que poderia ser um crime perfeito, Holmes mostra que não é, pois apenas ficou mais divertido resolver. 
  E, para isso, ele conta com a ajuda dos Irregulares de Baker Street (sim, a série da Netflix que estreou esses dias). Eu estava enrolando para ver essa série, pois achava que era apenas um gancho das obras de Conan Doyle, com uma pegada mais adolescente, mas caí para trás ao descobrir que eles foram de fato mencionados nos livros originais do autor e eu li justamente ele! 
  Então sim, devo conferir a série logo logo. 😉 Voltando a falar do livro, confesso que fui bolando várias teorias do que teria acontecido, especialmente porque, tanto o desaparecimento quanto o assassinato foram marcados com um bilhete, a assinatura do Signo dos Quatro. 
  Que signo era esse? Quem eram esses Quatro? Todos na casa estão com medo, pois podem ser a próxima vítima de crimes em série, e cabe a Holmes e Watson descobrirem o quanto antes. 
   E conforme eles iam investigando e anotando pistas, eu fui bolando diversas teorias sobre o mistério, mas eu não contava com a astúcia de Conan Doyle em virar o jogo aos 45 do segundo tempo e me ver com uma solução que eu jamais imaginava! 
  A solução era crível, foi satisfatória, mas confesso que não esperava ser feita de trouxa da forma que fui. 
  Acho que a grande mensagem aqui é que as aparências enganam o tempo todo e você precisa ficar atentx a todos os detalhes se não quiser ser passadx para trás. 
  E Conan Doyle alcançou mesmo o objetivo, pois eu não estava tão atenta assim e fui passada para trás bonito. 
  Gostei bastante de como a história se desenrolou e de saber como Watson e Mary se conheceram e se apaixonaram também. 💓
  Com relação ao livro em si, confesso que não curti muito a edição que consegui. Eu comprei numa banca do projeto Mais Leitura, que falei algumas vezes aqui no blog. É um projeto que visa facilitar o acesso à leitura para todos, então vários livros são vendidos por valores bem irrisórios, de R$2,00-R$3,00. 

Sherlock Holmes - O signo dos quatro | Sir. Arthur Conan Doyle
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna




  Apesar de já ter encontrado livros em edições fantásticas, esse eu comprei em edição de bolso, o que não me atrapalharia em nada, já que eu estava interessada no conteúdo do livro em si. 
  Mas acabei me sentindo desconfortável em ler um livro tão pequeno, já que até as edições de bolso da Zahar são mais fáceis de ler. 
  Sei que não posso comparar edições de bolso de editoras diferentes, mas posso dizer que não gostei de dar de cara com uma impressão toda torta. Fiquei decepcionada ao ver o descaso que tiveram com a impressão do livro. 
  A revisão estava bem feita, a fonte era confortável de ler, apesar das páginas pequenas e brancas, mas sobreviveria de boas a tudo isso. O que me incomodada mesmo foi a impressão toda torta, como se tivessem terminado a tiragem às pressas... 😓 
  Pensei seriamente em comprar outro livro, ou mesmo pegar por troca no Skoob, mas seria injusto com o projeto, que tem o objetivo de desencalhar os livros da estante, não incentivar a compra de novos, só para ler no mês um livro bonito. 
  Mesmo assim, darei quatro estrelinhas para o livro. Ainda assim, é uma boa história, recomendo a leitura, mas aconselho que busquem outra edição para ler. 







12 livros para 2021





  E aí, o que acharam do livro? Já tinham lido? Já tiveram alguma decepção com a edição que compraram/ganharam? 


   


   

      


14 comentários:

  1. Oi Hanna, fiquei com muita vontade de ler o livro com o seu relato. Eu fico incomodada com edições de bolso. Acho que são muito pequenas, fica tudo meio espremidinho. Prefiro as edições normais, nem precisam ser fantásticas não. Mas se forem também não reclamo, né?
    beijos
    CHris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, não custava nada ser pelo menos impressa sem ser torta, né? =/

      Excluir
  2. Oi Hanna,

    Nossa que pena que essa edição é toda torta, confesso que não sou muito fã de edições de bolso, mas algumas valem a pena pelo trabalho bem feito.
    Confesso que a história me interessa bastante, mas não sei se leria nesse momento.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, uma pena que dessa vez a edição não ajudou muito... =/

      Excluir
  3. Eu sonho em ler algum livro do autor mas, ainda não tive a oportunidade para começar e quanto ao projeto de comprar livros por esse valor é ótimo, vale muito a pena e os valores são irrisórios mesmo. Amei demais.
    Beijos.



    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os valores são bem acessíveis e dá para comprar vários livros bons.

      Excluir
  4. Oi
    eu assisto filmes/séries que envolve esses personagens, mas até hoje não li um livro do Shrerlock Holmes e que bom que gostou da leitura, uma pena que a edição não estava muito bom.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Hanna! As história de Holmes eu li várias vezes e aprecio bastante. Não deixe de conferir outras, são bem legais. Ele é meu detetive preferido dos livros. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro que as obras do autor sejam envolventes. Já li esse, mas esqueci muita coisa haha.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, são tantos livros, né? Impossível nos lembrarmos de todos os detalhes... kkk

      Excluir
  7. Oi Hanna!
    Eu ainda não li nada do Sherlock e quero muito ler!
    Adorei a dica
    Adoro a nossa parceria nesta TAG e sempre fico ansiosa para ver o que vocês escolheram para o mês
    Bjs

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo