Amantes das Séries | Lupin

em 02 fevereiro 2021

   Olá meu povo, como estamos? Vocês já viram Lupin, a nova série do catálogo Netflix? Eu, como boa fã de Arsène Lupin, já fui conferir e vou contar minha opinião sobre a série para vocês! 😉

Lupin | Netlix
Foto: Divulgação/Netflix


Ficha técnica

Série: Lupin

Ano: 2021

Temporadas: 1 (em andamento)

Episódios: 5 

Duração: 45min (em média)

País: França, EUA


Baseada nos romances policiais de Maurice Leblanc, Lupin acompanha Assane Diop (Omar Sy), um homem que, 25 anos atrás, viu sua vida virar de cabeça para baixo com a morte de seu pai, então acusado injustamente de um crime. Agora, ele está em busca de vingança e, para isso, se inspira em Arsène Lupin, o famoso "ladrão de casaca" da literatura francesa. Conhecido como "Robin Hood da Belle Époque", Lupin se tornou um gênio do crime na Paris do início do século 20 - e Diop vai seguir seus passos nos dias de hoje.

Lupin | Netlix



   Assane Diop é um homem que teve seu passado marcado por uma injustiça cometida contra seu pai. Com a mãe já falecida, ele só tinha o pai como exemplo para seguir e ser um homem digno. 
   O pai cuidava dele como podia, dando sempre exemplo de como ser honesto e que deveria buscar conhecimento para ser alguém na vida. 
   Ele trabalhava na mansão de um dos caras mais ricos da França na época, local também onde ocorreu um crime, pelo qual foi acusado, julgado e condenado, sem provas suficientes. 
   Assane ficou então sozinho no mundo, com nada menos que as roupas do corpo e o livro que seu pai com muito esforço conseguiu lhe dar de aniversário: um exemplar de Arsène Lupin - O ladrão de casaca. 



Lupin | Netlix
Foto: Divulgação/Netflix


  O personagem já foi falado aqui, como um ladrão que tem mais estilo de Robin Hood, o que fez o público se apaixonar desde a sua publicação, fora que ele é muito inteligente, capaz de dar uma rasteira até no Sherlock Holmes, só o maior detetive de todos os tempos (pelo menos eu acho, rs). 
  Assane vê em Lupin um exemplo a ser seguido e cresce com esse senso de justiça. Justiça essa que, ainda que tardia, ele vai tentar fazer pelo pai, anos depois. 
  Eu já tinha ficado fã de Lupin quando li apenas os dois primeiros livros que a Zahar publicou no Brasil. 
  Imagina então saber que teríamos uma série baseada no personagem?! Com apenas 5 episódios, que são beeeem longos, conhecemos Assane Diop, um outro fã roxo do personagem. 
  Sua ligação com ele se tornou ainda mais forte quando ele viu o que homens poderosos seriam capazes de fazer contra os mais desfavorecidos, e a resposta que Lupin dava tempos depois. 
  Baseando-se nisso, ele cresce e se torna um Lupin do século XXI, contando agora com a tecnologia a seu favor, coisa que Lupin não tinha nos livros. 


Lupin | Netlix
Foto: Divulgação/Netflix


  E Assane mostra que aprendeu bem com as leituras, pois consegue reproduzir com maestria várias jogadas de Lupin, dando rasteira nos seus inimigos e até nos detetives, sendo um deles uma versão moderninha do Ganimard, em que tudo era culpa de Lupin (rsrsrs).
  Achei genial que, mesmo sendo uma série baseada num dos casos de Lupin, o do roubo do colar da rainha, eles deixaram claro que era apenas uma série inspirada nos livros, não uma adaptação. 
  Assim, temos personagens que podem muito bem ser associados aos personagens do livro, mas que tem personalidade própria. 
  Assane é um cara charmoso e elegante, capaz de se passar por qualquer pessoa, de assumir qualquer identidade, assim como Lupin nos livros. Mesmo assim, Assane sabe a hora de deixar de bancar Lupin e ser Assane em alguns momentos. 



Lupin | Netlix
Foto: Divulgação/Netflix


  Assim como o detetive que tem ares de Ganimard. Ele aqui é interpretado não como um cara obsessivo para prender Lupin, como nos livros, mas um outro fã roxo da série, o que dá um toque pessoal para a série do Netflix, onde dois fãs disputam para ver quem sabe mais sobre os personagens e poderiam incorporar os livros. 


Lupin | Netlix
Foto: Divulgação/Netflix


  Além disso, Arsène Lupin é um clássico da literatura francesa, que se passa numa França da Belle Époque. Nada mais justo que essa versão também retratasse a França. 
  Assim, temos cenários maravilhosos, que vão desde os cartões postais mais conhecidos pelos pacotes de turismo, até locais que apenas os fãs de Arsène Lupin iriam gostar de conhecer. 
  A série mal estreou e já foi um sucesso, cuja continuação está sendo filmada e promete ser tão boa quanto. 


Lupin | Netlix
Foto: Divulgação/Netflix


  Confesso que, como uma boa fã de Lupin, estou com as expectativas lá em cima. Mas, se você não conhece os livros, recomendo a série mesmo assim. 
  A fotografia está linda, o elenco é fantástico e os cenários já valem por uma viajem imaginária, já que viajar de verdade está complicado nesse momento...  😉





   Vocês já conheciam essa série? Curtem esse tipo de séries inspiradas em livros, ou preferem a adaptação propriamente dita? 


12 comentários:

  1. Que indicação bacana, eu vou esperar sair mais algumas temporadas para começar assistir, quero colocar uma que estava assistindo e saiu nova temporada em dia para começar outras. essa parece bem animada e parece que vou gostar de entrar na vida dos personagens para ver e aprender muito.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Assisti o primeiro episódio e gostei bastante, quero terminar de assistir a série, mas acredito que antes vou ler o livro do qual ela foi inspirada.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    Ps. Se possível, peço que me ajude respondendo a pesquisa de público do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo tanto o livro quanto a série, são fantásticos! Só gostaria era que lançassem os outros livros da série.

      Excluir
  3. Olá, Hanna.
    Eu não li os livros, mas depois da série fiquei mega curiosa para ler. Eu amei a série, assisti tudo de uma vez e queria chorar quando vi que só tinha aquilo de episódio hehe. E me desculpe mas o maior detetive de todos os tempos é o Poirot hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, quem vê mesmo se apaixona, digo por experiência própria... kkk
      Eu continuo achando que é Sherlock Holmes o maior detetive... =p

      Excluir
  4. Oi Hanna, eu assisti e adorei. Nossa,o elenco está demais. Só por ter Omar Si já vale. E dar uma viajada no imaginário, entrar no Louvre, ahhh... que coisa boa.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é menina, o Omar é um charme em qualquer disfarce que use. S2

      Excluir
  5. Oi, Hanna. Como vai? Que bom que o seriado lhe agradou. Parece muito bom! Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá Hanna,
    Sua resenha ficou ótima. Eu não conhecia nada de Lupin quando vi o lançamento e fui assistir. Não consegui desgrudar até terminar, e ansiosa por muito mais. Foi bom assistir sendo surpreendida com os acontecimentos. Agora, sabendo dos livros, quero ler também.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Ray! Uma pena que só temos dois livros lançados aqui no Brasil em edição mais nova. Gostaria que o outros também tivessem sido lançados, mas vamos manter as esperanças... =)

      Excluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo