Recebidos do mês | Agosto 2021

em 31 agosto 2021

    Olá meu povo, como estamos? Hoje eu trago, depois de um pequeno hiato, os recebidos do mês. A maior parte dos livros eu consegui por meio de troca pelo Skoob, o que está sendo ótimo para promover a reciclagem da minha estante, já que livros precisam sair para novos poderem entrar. 

Recebidos do mês | Agosto  2021
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna



   Além disso, ganhei livro de presente e aproveitei para comprar alguns também, sem exagero
   Então vamos aos recebidos do mês. 

   

Aquisições literárias | Agosto 2021



   Começando pelas trocas feitas no Skoob: 


1. E tem outra coisa


Autor: Eoin Colfer

Editora: Arqueiro

Ano: 2009

Páginas: 368



E tem outra coisa | Eoin Colfer
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Fãs de todo o mundo estavam órfãos de novas aventuras dos personagens mais loucos da ficção cientifica desde que o último livro da série O Mochileiro das Galáxias foi escrito em 1992.

Com a morte de seu autor, Douglas Adams, parecia absolutamente improvável que Arthur Dent, Ford Prefect, Tricia McMillan e Zaphod Beeblebrox voltassem a aprontar, depois de tantos anos perdidos no espaço, sem que ninguém tivesse notícia deles.

Mas, como a improbabilidade é o que move o universo de Adams, eis que surge Eoin Colfer para resgatar nossos heróis e metê-los em confusões ainda mais alucinantes ao lado de vogons, peixes-babel, deuses desempregados, computadores irascíveis e alienígenas que dedicam sua imortalidade a ofender todos os seres do Universo.

Seguindo de forma magistral o estilo característico de Douglas Adams e fazendo diversas referências aos cinco volumes da trilogia original, Colfer resgata o humor dessa fantástica série e apresenta um novo destino para os personagens mais amados da Galáxia.

Pegue sua toalha e aproveite esta brilhante aventura espacial. Mas, aconteça o que acontecer, não se esqueça: NÃO ENTRE EM PÂNICO!

2. O corvo e contos extraordinários 


Autor: Edgar Allan Poe 

Editora: Ciranda Cultural (selo Principis) 

Ano: 2019 (Original em 1845)

Páginas: 144



O corvo e contos extraordinários |Edgar Allan Poe
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

O Corvo e contos extraordinários é uma seleção dos textos mais expressivos do autor considerado o mestre do mistério e procura mostrar o gênio criativo de um dos mais conhecidos escritores americanos. Além dos contos, este volume também traz a tradução do poema O Corvo feita por Fernando Pessoa.


3. O médico e o monstro 


Autor: Robert Loiuis Stevenson 

Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)

Ano: 2019 (Original em 1886)

Páginas: 96



O médico e o monstro | Robert Louis Stevenson
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Gabriel John Utterson é um advogado que investiga um caso estranho envolvendo Henry Jekyll e Edward Hyde, repentino beneficiário do testamento de Henry. O advogado descobre acontecimentos que resultam na reclusão repentina de Jekyll. O romance que envolve ficção científica, transtornos psicológicos e terror é um grande clássico do gênero.



4. Vozes do Joelma 


Autores: diversos 

Editora: Faro Editorial 

Ano: 2019

Páginas: 288


Vozes do Joelma | autores diversos
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Marcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini são autores reconhecidos pela crueldade de seus personagens e grandes reviravoltas nas narrativas. As mentes doentias por trás dos livros A Casa dos Pesadelos, O Escravo de Capela, Dança da Escuridão, Horror na Colina de Darrington, Quando ela desaparecer, O Casamento, Colega de Quarto, e da série As Crônicas dos Mortos, se uniram para criar versões perturbadoras sobre as tragédias que ocorreram em um terreno amaldiçoado, e convidaram o igualmente perverso Tiago Toy para se juntar na tarefa de despir os homicídios, acidentes e assombrações que permeiam um dos principais desastres brasileiros: o incêndio do edifício Joelma. O trágico acontecimento deixou quase 200 mortos e mais de 300 feridos, além de ganhar as manchetes da época e selar o local com uma aura de maldição. Esse fato até hoje ecoa em boatos fantasmagóricos que envolvem a presença de espíritos inquietos nos corredores do prédio e lendas sobre lamúrias vindas dos túmulos onde corpos carbonizados foram enterrados sem identificação. Algo que nem todos sabem, é que muito antes do Joelma arder em chamas no centro de São Paulo, o terreno já havia sido palco de um crime hediondo, no qual um homem matou a mãe e as irmãs e as enterrou no próprio jardim. Devido às recorrentes tragédias que marcaram o local, há quem diga que ele é assombrado por ter servido como pelourinho, onde escravos eram torturados e executados. E sua maldição já fora identificada pelos índios, que deram-lhe o nome de Anhangabaú: águas do mal. Se as histórias são verdadeiras não se sabe... A única certeza é que a região onde ocorreu o incêndio tornou-se uma mina inesgotável de mistérios. E, neste livro, alguns deles estão expostos à loucura de autores que buscaram uma explicação.


5. A catedral do mar


Autora: Ildefonso Marcondes

Editora: Arqueiro 

Ano: 2018

Páginas: 576


A catedral do mar | Ildefonso Marcondes
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Saga com mais de 6 milhões de exemplares vendidos apenas na Espanha e que inspirou a série homônima disponível na Netflix, A catedral do mar acompanha a vida de Arnau Estanyol. Filho de um servo que escapa dos abusos de seu senhor feudal e se refugia em Barcelona, Arnau tem a vida marcada pelo trabalho árduo e pela devoção à Virgem Maria. A fé liga sua história a um dos principais templos da Catalunha — Santa Maria do Mar —, e a igreja do povo se torna ela mesma um personagem à medida que Arnau acompanha sua edificação.
De fugitivo a um dos mais respeitados membros da comunidade barcelonesa, ele acaba se aproximando de perigos cada vez mais intensos, como a temida figura da Inquisição. Mas a bondade do homem para com seus colegas de trabalho, clientes e até mesmo aqueles considerados párias — como mouros e judeus — acaba levando-o longe, ainda que frente a tantos conflitos.
De forma raramente encontrada na literatura, A catedral do mar descreve o sistema medieval em detalhes, abordando tanto a arquitetura e a cultura da Barcelona da época quanto suas complexidades jurídicas e financeiras. Ao escrever com evidente paixão sobre um dos períodos mais complicados da história da Catalunha, Ildefonso Falcones construiu este romance épico que se tornou um dos maiores best-sellers recentes da Espanha.



6. Os miseráveis 


Autor: Victor Hugo 

Editora: Ciranda Cultural (Selo Principis)

Ano: 2020 (Original em 1862)

Páginas: 208



Os miseráveis | Victor Hugo
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

O romance expõe a filosofia política de Hugo, retratando a desigualdade social e a miséria decorrente, e, por outro lado, o empreendedorismo e o trabalho desempenhando uma função benéfica para o indivíduo e para a sociedade. Retrata também o conflito na relação com o Estado, seja pela ação arbitrária do policial ou pela atitude do revolucionário obcecado pela justiça.


 

   O que ganhei de presente foi: 


7. Arsène Lupin e a agulha oca 


Autor: Maurice Leblanc

Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)

Ano: 2021  (Original em 1909)

Páginas: 224



Arsène Lupin e a agulha oca | Maurice Leblanc
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Um incrível roubo em um castelo no interior da França desencadeia uma perseguição aos ladrões.
Logo descobre-se que Arsène Lupin é o líder da quadrilha. Quem comanda a investigação é Isidore Beautrelet, um jovem estudante de Retórica e um brilhante detetive amador, tão inteligente e sagaz quanto Lupin e, por isso, um opositor a temer. Mas o jovem nem desconfia que, ao desbaratar a quadrilha, não vencerá Lupin. Na realidade, estará apenas dando os primeiros passos para desvendar o mistério da Agulha Oca, conhecido apenas pelo cavalheiro-ladrão.




   E os "recebidos pagos" por mim foram: 


8. Nunca saia sozinho 


Autor: Charlie Donlea 

Editora: Faro Editorial 

Ano: 2020

Páginas: 352



Nunca saia sozinho | Charlie Donlea
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

SE ACEITAR O CONVITE, NÃO IGNORE O AVISO.
Dentro dos muros de uma escola de elite as expectativas são altas, e as regras, rígidas. Na floresta, além do campus bem cuidado, há uma pensão abandonada que é utilizada pelos alunos como ponto de encontro noturno. Para quem entra, existe apenas uma regra: não deixe sua vela apagar ― a menos que você queira encontrar o Homem do Espelho... Há um ano, dois estudantes foram mortos em um massacre terrível. Desde então, o caso se tornou o foco do podcast “A casa dos suicídios”. Embora um professor tenha sido condenado pelos assassinatos, muitos mistérios e perguntas permanecem. O mais urgente é: por que tantos alunos que sobreviveram àquela noite macabra voltaram ao lugar para se matar? Rory Moore, especialista em casos arquivados, e seu parceiro, Lane Philips, começam a investigar a noite dos assassinatos, em busca de pistas que possam ter escapado da escola e da polícia. Porém, quanto mais descobrem sobre os alunos e aquele jogo perigoso que deu errado, eles se convencem de que algo fora do normal ainda está acontecendo. O jogo não acabou. Ele prospera... em segredo, em silêncio. E, para seus jogadores, pode não haver uma maneira de vencer ou de sobreviver.


9. Arsène Lupin e a rolha de cristal 


Autor: Maurice Leblanc 

Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)

Ano: 2021 (Original em 1912)

Páginas: 256 



Arsène Lupin e a rolha de cristal | Maurice Leblanc
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna


Que interesse pode haver em uma rolha de cristal, para que tantas pessoas a desejem? Nessa emocionante aventura será que o maior ladrão do mundo pode se recompor, salvar da guilhotina seus homens presos e ainda recuperar sua honra perdida? Arsène Lupin e a rolha de cristal, romance de mistério de Maurice Leblanc, foi publicado primeiramente em série no jornal francês Le Journal de setembro a novembro de 1912 inspirado pelos infames escândalos do Panamá que aconteceram entre1892 e 1893. O romance toma emprestado do conto de Edgar Allan Poe, A carta roubada, a ideia de esconder um objeto à vista de todos e prende o leitor com o estilo de Maurice Leblanc.


10. As confissões de Arsène Lupin


Autor: Maurice Leblanc 

Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)

Ano: 2021 (Original em 1913)

Páginas: 224



As confissões de Arsène Lupin | Maurice Leblanc
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna


O principal ladrão do mundo relembra uma vida inteira de aventuras e de suas façanhas ultrajantes nesta coletânea de contos. Já se passaram quinze dias desde que a baronesa Repstein desapareceu de Paris, levando consigo uma fortuna em joias roubadas do marido. Detetives franceses a perseguiram por toda a Europa, seguindo o rastro de pedras preciosas como muitas migalhas de pão, mas ela escapou de seus esforços. Quando Arsène Lupin a encontrar, ela não sumirá tão facilmente.
A mente criminosa mais brilhante de toda a Europa, Lupin não deixa de praticar boas ações ocasionais, especialmente quando há recompensa em dinheiro. Nessas histórias emocionantes, o cavalheiro-ladrão é mais esperto do que policiais e criminosos uma e outra vez, sempre se certificando de embolsar algo para si. Rei do disfarce e do roubo de identidade, Arsène Lupin é uma espécie de Robin Hood da Belle Époque.
Nove contos, cada um com sua própria atmosfera, às vezes sombria e perturbadora, outras mais tingida de humor. No entanto, dá para sentir a personalidade desse camaleão, que, embora à vontade entre as pessoas da alta sociedade, nutre certa empatia pelos mais modestos ou vítimas de injustiças. Arséne Lupin é um personagem intrigante, que conquista com sua personalidade arrebatadora onde quer que esteja. Perfeito para que o leitor nunca se canse.


   Ufa! Foram muitos livros dessa vez. Como puderam notar, a maioria foi de clássicos, que estou começando a olhar com bons olhos na edição adaptada da Principis. 
  Além do preço bem mais em conta, as edições são bem bonitinhas e o texto é adaptado de verdade, o que facilita bastante a leitura. 
  E como são bem fáceis de encontrar nas trocas do Skoob, minha estante está se transformando na estante de clássicos, algo que nunca imaginei que aconteceria (rsrsrs). 
  E o livro do Donlea, estava esperando duas coisas acontecerem: ler todos os que já tinha dele antes de comprar mais um; baixar o valor do que tinha sido lançado primeiro. 
  Quase comprei o lançamento também, o Procure nas cinzas, mas o preço ainda está bem salgado pro meu gosto. Quem sabe na Black Friday eu consiga uma promoção dele... (sonhar não custa nada, rs).
   E aí, já tinham lido algum desses livros? Compraram algum na Book Friday? Me contem aí!



   

8 comentários:

  1. Oi, Hanna! Como vai? Uau parecem livros de excelência. Espero que você curta bastante cada um deles. Um abraço!


    ttps://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie, quantos livros incríveis! Desses, acredito que li apenas Poe, mas quero muito ler A Catedral do Mar e quem sabe os outros.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou bem curiosa com todos eles, confesso, hahaha. Vai ser difícil escolher qual ler primeiro.

      Excluir
  3. Oi Hanna,

    Quanta coisa boa ein!
    Que legal que você está abrindo espaço para os clássicos, eu preciso fazer isso também rs.
    Nunca Saia Sozinho quero muito ler assim como outros, só preciso achar uma promoção boa.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, as edições da Principis foram um grande achado nesse sentido. Pois sempre evitei ler clássicos por serem mais arrastados, aqui eu já consigo ler mas tranquilamente, com uma linguagem mais acessível.

      Excluir
  4. Olá, Hanna.
    Quanto livro bom. Eu li Os Miseráveis na edição com 1511 páginas e levei um mês para conseguir ler hehe. Vozes do Joelma achei muito bom sem falar que a edição é linda. E não sei se você já leu Uma mulher na escuridão, mas é bom ler ele antes de Nunca saia sozinho.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, corajosa você por ter lido a edição completa de Os miseráveis, hehe. Espero gostar da leitura, as expectativas estão bem altas, viu? Com relação ao do Donlea, fica tranquila, pois Uma mulher na escuridão faz parte do #12livroapara2021, então logo ele será lido. O plano é ler Nunca saia sozinho depois mesmo ;)

      Excluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo