Startrek - Enterprise

em 24 março 2020

   Olá meu povo, como estamos? Não sei como está o Estado onde vocês moram, mas aqui no Rio de Janeiro, estamos passando pela quarentena voluntária, como forma de achatar a curva de casos de COVID-19, mais conhecido como coronavirus. Com mais tempo em casa, mesmo que eu possa fazer home office, ainda me sobra tempo para fazer mais do que gosto quando estou em casa, isso inclui ver mais séries, filmes e colocar a leitura em dia. Assim, terminei de maratonar um dos spin off da saga que mais amo no mundo geek: Star trek - Enterprise.

Star trek - Enterprise
Foto: Divulgação





Ficha técnica


Série: Star trek - Enterprise

Ano: 2001-2005

Temporadas: 4 (finalizada)

Episódios: 22 a 26 (por temporada)

Gênero: Aventura, Ficção Científica, Ação


Star trek - Enterprise




"Star Trek: Enterprise" é ambientada antes dos eventos da série original, e acompanha a equipe da primeira nave inter-estelar. Liderada por Jonathan Archer e sua equipe, narra as aventuras enquanto eles exploram as partes nunca vistas da galáxia, colocando pela primeira vez os pés em novos mundos, conhecendo novos seres e reencontrando uns familiares.



Star trek - Enterprise
Foto: Divulgação 


    Quem vê os episódios lá dos anos 1970, ou mesmo os remakes dos filmes da saga Star trek, está acostumadx a ver a tripulação de uniforme colorido e navegando naquela nave toda hightech, cheia de botões e comandos de voz. Mas alguém se pergunta como foi que tudo começou? Ou mesmo o motivo de a Enterprise ser a tão sonhada nave que todo capitão da Frota Estelar quer comandar? 
   Pois bem, o motivo de tanta fama e ser a nave mais desejada na frota é que a Enterprise foi a primeira nave que nós construímos, quando da Frota Estelar foi criada. Com o nome original de NX-01, essa foi a primeira nave com tecnologia de dobra aqui na Terra (ou vai ser, já que a saga se passa a partir do século XXII).   
   Em alguns momentos na saga original, foi citado o nome do icônico capitão Jonathan Archer, que teria sido o primeiro capitão da Frota Estelar a comandar uma nave de dobra, com a missão de explorar novos mundos. Em Star trek - Enterprise, conhecemos de fato quem foi o capitão Archer. 


Star trek - Enterprise
Foto: Divulgação


   Como era a primeira vez que uma nave saía da Terra, é de se esperar que ela não era lá muito moderninha. A nave que saiu pela primeira vez desbravando o espaço era bem moderna para nós, que estamos um século atrás, mas para eles, era uma tecnologia bem rudimentar. 
   Achei legal essa parte, pois sempre me perguntei a origem da nave e como que a tecnologia chegou até o que vemos nos filmes. Aqui também temos a história da relação dos vulcanos com os humanos. E desde que o mundo é mundo, esses dois povos vivem entre tapas e beijos (rsrsrs). 
   O que mais curto nesses spinoff's é que temos uma noção de personagens que são apenas citados, ou podemos nos ambientar mais ainda na história profunda de como tudo começou. 


Star trek - Enterprise
Foto: Divulgação/AUGENP

   Porém, todavia, entretanto, é também uma chance de vermos novamente a tecnologia imaginada nos anos 2000. Afinal, a série foi gravada e finalizada há quase 20 anos. De lá para cá, muita coisa mudou no quesito efeito especial. Mas para uma série scifi filmada nessa época, achei os efeitos especiais ok, embora tenha sentido falta de alguns ajustes nas cenas, para parecer mais real. 
   Me incomodou um pouco foi nas partes que eles iam explorar os planetas e alguns tinham a atmosfera semelhante à nossa. Toda vez que acontecia algo assim, eles pousavam em um planeta com florestas amazônicas. 


Leia também: Ragnarok


   Sério que para um planeta ser igual ao nosso, tem que ter apenas florestas amazônicas?! Com tanto bioma para explorar, só podia ser esse?! Achei que faltou um pouco de criatividade aí, especialmente nas primeiras temporadas. Mas acho que os produtores pensaram nisso também e, nas temporadas 3 e 4 isso já muda um pouco mais e nos faz lembrar de outras aventuras da Frota Estelar até dos filmes mais recentes. 

Star trek - Enterprise
Foto: Divulgação

   Com alguns probleminhas aqui e ali, é uma boa série para se maratonar. Isso porque ela segue a ideia de todas as séries já feitas de StarTrek, onde o primeiro episódio é o mais comprido, com 1h30min, e os demais são mais curtinhos, com cerca de 30-40min cada. 
   Para uma série com os efeitos especiais que tinha, acho que na época isso não custou muito, já que nas quatro temporadas temos bastante episódios. São episódios de aventuras independentes, porém umas coisas são ligadas às outras, então é bom acompanhar desde o começo certinho. E os episódios são viciantes, especialmente para mim, a viciada em Star trek (rsrsrs). 
   Mas, se você está pensando "ah, mas eu não curto scifi, isso deve ser muito chato", te peço que faça ao menos uma tentativa. Minha mãe odeia esse gênero, seja em literatura, séries ou filmes, e ela viciou junto comigo em Star trek - Enterprise.
  Isso porque, por ser uma série contando a "história da história original", vemos mais uma série de aventura e drama do que uma aventura intergaláctica. O que nos lembra que estamos no espaço é que a própria tripulação tem seres interplanetários e vira e mexe o Archer faz amizades bem inusitadas (rsrsrs). Mas em Enterprise, vemos lições de amizades, confiança, coragem e até romance. 😉 
   Além disso, se você é curiosx para saber porque tem sempre um vulcano na nave, por que tem um oficial de ciências e como surgiram os comunicadores universais, que traduzem o que você diz para qualquer idioma do universo, literalmente, a série que te explica é essa. 

Leia também: Star trek - Discovery

   Com relação ao final dela, eu confesso que fiquei chocada com a forma como terminou. Em alguns sites, onde fui procurar a sinopse, vi que na verdade ela foi cancelada, com o motivo de baixa audiência, o que é triste, pois eu curti bastante a ideia deles. Mas pelo menos deram um final digno para ela, assim não ficamos com aquela sensação de "cadê o resto?". 
   Talvez por isso, essa é uma série esquecida pelo público, mesmo com o elenco que participou dela, e por ser uma série histórica. Além disso, é uma das poucas séries que tem uma música cantada na abertura, interpretada pelo tenor Russel Watson.
    E aí, o que acharam da série? Já viram algum spin off, ou mesmo a série original de Star trek? Tem alguma sugestão de série ou filme para passar essa quarentena em casa? Para deixar você com o gostinho de assistir, aqui vai a abertura da série, com a música que ficou na minha cabeça por meses.




    Ah! Não esqueçam de lavarem bem as mãos com água e sabão, caso não possam no momento, usem álcool gel e não saiam de casa! Vamos lutar juntos contra essa pandemia! 😉



COVID-19




40 comentários:

  1. Aqui também estamos de quarentena. Espero que essa fase passe o quanto antes! ♥
    Adorei a dica, essa é a parte boa desse período né? Aproveitar pra colocar as séries em dia e ver muitos filmes hehe :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda acho que ficaremos mais uns dias por aqui... Mas vamos aguardar os próximos capítulos...
      Sim, essa é a melhor fase para colocarmos nossas pendências de séries e filmes em dia! kkk
      Bjks e obrigada pela visita! =)

      Excluir
  2. Oii Hanna, tudo bem?
    Aqui no meu estado estou me surpreendendo com as medidas tão empenhadas do governador, o que complica mesmo é a população indo à bares e festejando como se fosse uma gripinha inofensiva, completamente alheios ao perigo da pandemia. Mas torço para que consigamos achatar a curva de crescimento.
    Sobre a série, não sei nada acerca nem dos primeiros episódios, mas vejo muitos comentários legais sobre e é uma série bem famosa. Não faz muito o meu estilo, mas acho bem interessante essa temática com naves e afins (nem sei os termos, pois sou bem leiga rs). E se a sua mãe que odeia scifi gostou, acho que vou dar uma chance ;)
    Beijos
    Três de Dezembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria, eu te entendo com relação à quarentena. Por aqui as pessoas estão dando mais valor agora, porque já tivemos mortes próximas de nós, infelizmente... =/ Mas vamos torcer para mais e mais pessoas se conscientizarem o quanto antes, enquanto ainda temos tempo...
      Pois é menina, minha mãe me surpreendeu gostando dessa série, então recomendo para você também, vai que é uma chance de sair da zona de conforto... ;)
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Amei sua indicação, confesso que não gosto muito desse estilo, mas estou tentando ver coisas diferentes agora que precisamos ficar em casa! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super recomendo então Kaila, é uma série que vai te fazer sair de sua zona de conforto... Custa nada tentar e dar uma chance aos primeiros episódios... ;)
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Oi, Hanna como vai? A situação na cidade do RJ anda de mal a pior não é mesmo! Quando essa situação irá cessar. Gostei da sua indicação, me parece um seriado excelente. Se cuida.
    Att...


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciano, aqui estamos com bastante medo de sair nas ruas, mas estamos saindo só quando realmente é necessário mesmo... Gostaria que mais pessoas tivessem essa consciência por aqui, mas vamos aguardar os próximos capítulos...
      Bjks e obrigada pela visita! =)

      Excluir
  5. Oi
    que bom que curtiu a série, nunca escutei falar dessa.
    Confesso que nunca assisti nada voltada a esse universo do Star Trek, sou uma leiga nesse assunto.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denise, realmente poucas pessoas ouviram falar dela, nem eu sabia até encontrar por acaso no catálogo da Netflix... rs
      Mas vale super a pena, mesmo que nunca tenha visto nada da saga.
      Bjks e obrigada pela visita! =)

      Excluir
  6. ADOREI seu cuidado em revisar e relembrar ali no fim os cuidados mais básicos para termos a respeito do coranavírus!

    Bom, eu também sou Time Star Trek. Esse sentimento vem de assistir com meu pai, que amo tudo que é sci-fi, desde pequena. Então eu gosto muito, além de ser saudosista.
    Mas, né? Como venho frisando há algum tempo aos quatro ventos, tenho assistido pouquíssimas séries. Eu sempre prefiro ler, e mesmo com a quarentena a todo vapor aqui em BH, eu ainda tô sempre entrelaçada em um livro.
    Porém, contudo, entretando (hahahaha), eu vou colocar essa série na minha reta. Adorei as informações que você passou a respeito tanto temporal, quanto das personagens e sobre a nave. Vou me atentar e ter mais assunto como o papai, porque certamente ele já viu TODOS os episódios.
    Beijão

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei saber que seu pai é um fã. Minha mãe agora está ficando viciada por minha causa, nunca é tarde! ;)
      Acho super legal conferir essa série, ainda mais para os fãs saberem um pouco sobre o primeiro capitão da Enterprise.
      Bjks!

      Excluir
  7. Oi, eu só vi a série original, nunca vi Enterprise, mas acredito que como você, iria ficar um pouco incomodada ou questionado a questão do espaço geográfico de cada local que pousavam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs
      Tirando essa parte, acho bem legal ela. E também tem que levar em consideração que eles não tinham muita tecnologia como hoje para fazer esse tipo de série/filme. ;)
      Bjks!

      Excluir
  8. Aqui em São Paulo também estamos fazendo quarentena voluntária com essa mesma finalidade. Eu estou aproveitando que posso trabalhar como home office e no resto do tempo livre eu aproveito para pôr as leituras mais desejadas em dia. E, às vezes, até me arrisco em maratonar algumas séries que gosto. Lembro de já ter assistido alguns remakes dessa renomada saga de Star Trek. Inclusive, no canal SYFY vive replisando um remake mais antigo da original, se não me engano. Bem, uma sugestão de série que eu teria, seria a série Sherlock. Maratonei recentemente e gostei bastante.

    ResponderExcluir
  9. bacana a série ter a premissa dos primórdios acho que é outra versão ainda nao explorada dessa saga que ainda é a maior e mais consolidada quando falamos de scifi. adoro essa saga mas ainda nao vi essa série mas sou fanzoca da clássica kkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A clássica eu ainda não vi, acredita? Mas pretendo ainda antes de terminar a quarentena... rs
      Bjks e obrigada pela visita

      Excluir
  10. Eu lembro que assistia a versão classica com a minha mãe, ela ama filmes de sci-fi e terror. Cresci vendo por influência dela hahaha
    Mas.confesso que nao sabia desse spin-off. Acho que vou assistir com mainha. Ela vai curtir a ideia hehehe
    Pena que teve baixa audiência. Mas pelo menos um final que não decepciona quem tava acompanhando, né?

    Küss 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão legal quando somos influenciados assim pelos nossos pais. Aqui em casa meio que aconteceu o oposto, pois eu que influenciei minha mãe... rs
      Mas espero que gostem, vale a pena. S2
      Bjks

      Excluir
  11. Eu já conheci Star Trek quando era criança pelo spin off, Nova Geração, com Patrick Stewart como o capitão Jean-Luke Piccard, só depois vi uns filmes na Sessão da Tarde da série antiga e percebi que era "meio que a mesma coisa". Vou tentar começar a ver a série clássica na Netflix. Não conhecia essa, e vou colocar na minha lista!
    Abraço
    Liv

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma chance, quem sabe agora você veja que tem algumas coisas diferentes. ;)
      Bjks e obrigada pela visita Liv

      Excluir
  12. Que post maravilhoso! Fico muito feliz que estejam cumprindo a quarentena voluntária por ai, por aqui também estamos e parabéns pelas dicas que postou ao final do post! E falando sobre ele acredita que nunca assisti nada do Star Trek ? Com certeza vou aproveitar a dica!

    Parabéns pelo seu trabalho

    Bjs Aruom Fênix

    Blog Leituras de Aruom

    ResponderExcluir
  13. Oi Hanna, tudo bem? Aqui em SC o isolamento social é obrigatório. Ia terminar essa semana e o comércio ia voltar aos poucos porém hoje o prefeito junto com o governador já voltaram atrás e determinaram mais uma semana de isolamento. Quanto a série nunca assisti mas achei legal trazer no elenco atores que conheço. Entre eles o protagonista de NCIS e também da série The Mentalist. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei isso do elenco mega legal também, Erika. Aqui estamos em mais 15 dias, por decreto do governador. Vamos torcer para achatarmos logo essa curva de contaminação.
      Bjks

      Excluir
  14. Poxa vida Hanna que resenha mais detalhada, adorei !! E o melhor que sai com vontade de ver porque as vezes conta-se tanto da história que perde-se a curiosidade, mas aqui foi o contrario, achei bastante interessante um historia que inicia tudo e algumas justificativas para o que conhecemos agora. Novamente, obrigado !

    ResponderExcluir
  15. Olá sou de Tocantins e agora que o vírus infelizmente chegou por aqui mas por sorte e devido a quarentena pouquíssimos casos por hora, mas que terror né, parece que estamos vivendo o início de uma distopia. Acho que eu sou o único se na Terra que não curti nada desse universo Star Wars e essas coisas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não curto Star Wars, Lorenna. Mas Star trek é uma paixão, e são cisas bem diferentes, viu? ;)
      Bjks!

      Excluir
  16. Oi oi,
    Eu gosto do novo Startrek, além de mais efeitos nas cenas, eu tbm achei que conseguiram passar melhor a mensagem da história. Mas amei o post, pois, ele me fez matar a saudades de uma série que assisti a mais de 2 anos atrás. Vou rever Startrek e estpu pensando em rever a de 2001, pra ter noção a mais dos detalhes da trama.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  17. Adorei ler seu post, pior tenho grande memória afetiva com Star Trek. Passei a infância assistindo a vários episódios da série clássica e da Nova Geração com minha mãe. Meu sonho era ser Vulcana como o Spock. Assisto quase nada da Enterprise, mas me lembro bem de Scott Bakula como comandante da nave.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahhaha
      Eu também queria ser Vulcana, soó pra aprender a fazer essa bendita saudação deles. Acho que sou o único ser no universo que não consegue, pois os dedos não obedecem... =/
      Bjks

      Excluir
  18. Confesso que Star Trek não é uma saga que me chama muita atenção. Eu sempre achei bem interessante e até já quis conhecer mais, mas sempre me perdia porque é muito conteúdo. Porém, acho que com essa série prequel eu super vou dar uma chance! Obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que esse spin off possa mudar um pouco sua visão, rsrs. Realmente é muito conteúdo, pois são muitos episódios, mas acho que vale a pena dar uma chance. ;)
      Bjks

      Excluir
  19. Oi, tudo bem? Adoro sci-fi. Eu assistia a série original de Star Trek quando passava naquele canal 21. Já ouviu falar? Era uma emissora de TV aberta que passava séries antigas.

    Sempre curti, mas nunca assisti as outras séries ou filmes dessa franquia. Fiquei bem interessado depois da sua resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi falar do canal sim, mas nunca tive acesso a ele, apesar de ser aberto. Acho que o sinal não pegava direito onde eu morava e nunca vi os clássicos da infância da minha geração. Estou vendo agora, depois de adulta... rsrs
      Que bom que gostou da resenha, bjks

      Excluir
  20. Gostei muito da resenha e senti vontade de ver a série. A abertura também é interessante.
    Gostei do seu blog. Estarei por aqui agora.

    Bom fim de semana!

    Jovem

    Jornalista

    Instagr

    am


    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Emerson. Seja sempre bem vindo por aqui. ^^

      Excluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo