Passeio Marítimo do Espaço Cultural da Marinha

em 20 abril 2019

   Olá meu povo, como estamos? Aproveitando bastante esse feriadão prolongado? Para quem mora aqui no Rio de Janeiro, tem ainda mais dois dias de feriado, já que terça teremos o dia de São Jorge e a segunda feira entra por tabela. Que tal uma dica de passeio para aproveitar esse feriadão, especialmente se não foram viajar? 😉


Espaço cultural da Marinha
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna



   Nosso colunista Erik Lourenço veio com uma dica incrível, que tenho certeza que vão amar!



Espaço cultural da Marinha





   Um passeio alternativo para fazer com a família, amigos, crush ou até mesmo com o embuste (rsrsrs).O DPHDM – Departamento Histórico da Marinha disponibiliza um passeio marítimo pela Baía de Guanabara, um tour pela Ilha fiscal e a visitação pelo espaço cultural por um preço justo.
   O passeio marítimo é contado através de um guia de turismo em uma embarcação que foi utilizada na época da segunda guerra mundial (calma que é segura a embarcação). 


Baía de Guanabara
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

Baía de Guanabara
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna


Baía de Guanabara
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna



Baía de Guanabara
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

   O passeio passa por 17 pontos importantes para história da cidade do Rio de janeiro:

1. Antiga doca da alfandega do porto do Rio de Janeiro da época do império, hoje em dia é o Espaço cultural da Marinha, criado em 20 de janeiro de 1996.

2. Antiga Sé: talhada em ouro do estilo rococó, foi à sede episcopal da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro até 1976. Foi palco de diversos momentos importantes para história do Brasil, como o velório de D. Maria I, Rainha do Reino Unido e esposa de Pedro III de Portugal.

Antiga Sé
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna


3. Aeroporto Santos Dumont: Primeiro aeroporto civil do Brasil, inaugurado em 1936. Somente voos domésticos.

4. Escola Naval: foi à primeira instituição de ensino superior do país. Instalada no Mosteiro de São Bento, permaneceu até 1832, após isso sofreu inúmeras mudanças de endereço, mas finalmente em 1938 fixou-se na Ilha de Villegagnon.

5. Aterro do Flamengo: um dos maiores projetos de Roberto Burle Max, com seus 1.200m².

6. Pão de Açúcar: um dos cartões postais da cidade maravilhosa, exibindo seus 396m de altitude, inaugurado em 1912, oferece uma visão exorbitante da Baía de Guanabara, Niterói, Leme, Copacabana e do morro do Corcovado.

7. Forte de São João: Local da fundação da cidade do Rio, em 1565. O forte foi erguido sobre comando de Estácio de Sá, fundador da cidade, que auferiu a missão de banir os franceses que ocupava a ilha Sergipe (atual ilha de Vellegagnon), atual Escola Naval. Reformada em 1872 por D. Pedro II (tem post especial para ser publicado, aguardem!).

Forte de São João
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna



8. Forte da Lage: uma pequena ilha rochosa no meio da Baía de Guanabara. A primeira fortificação da ilha teve inicio em 1644 e concluída em 1769/70. Foi destruída em 1893, durante a revolta armada. Entre 1896 – 1901 tiveram obras para reconstrução e modernização e em 1997 foi desativada. 

9. Fortaleza de Santa Cruz da Barra: Local já mencionado no blog.

10. Museu de Arte contemporânea: Projetado por Oscar Niemayer, localizado no Mirante da Boa Viagem, inaugurado em 6 de setembro de 1996, o artista diz que o museu se parece com uma flor, mas a população diz que se parece com um disco voador.

11. Ilha da Boa Viagem: Atualmente desativada, mas serviu de forte para vigiar e proteger a Baía de Guanabara no século XVII.

Ilha da boa viagem
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna


12. DHM – Departamento de Hidrografia da Marinha: criado em 02 de fevereiro de 1876, sob a denominação de Repartição da Carta Marítima, porém em 1914 foi transferida para a ilha fiscal. Assim em 1983, o DHN veio para as suas atuais instalações. O DHN tem o propósito de apoiar a aplicação do poder naval, contribuir para segurança da navegação na área marítima de interesse do Brasil e projetos nacionais de pesquisas ( a central da informação quando passa no jornal se o mar vai está de ressaca).

13. Ponte Rio-Niterói: Oficialmente ponte Costa e Silva, foi inaugurada em 4 de março de 1974. A ponte estar dentre as sete maiores do mundo, mas não é a maior.

14. Ilha das Enxadas: Sede do Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, destinado a formar de oficiais da Marinha da área da saúde e engenharia. Também foi hospital para os marinheiros ingleses que acompanharam a família Real Portuguesa na viagem ao Brasil.

15. Ilha fiscal: foi conhecida até 1882 como ilha dos ratos. Seu nome foi alterado par a ilha fiscal devido a instalação do posto alfandegário. Neste período foi iniciada a construção do castelo de estilo gótico provençal, concluída em 1889. A ilha entrou para História em 9 de novembro de 1889, pela recepção oferecida pelo presidente do Conselho de Ministros ao comandante e oficiais chilenos que visitavam o país. Foi a festa mais comentada da época, pois ficou conhecida como O último baile. (dentro do palácio tem uma replica do quadro, pois o original fica no Museu Histórico Nacional. Fica pertinho).

Ilha Fiscal
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna



16. Ilha das Cobras: Antiga ilha da madeira, pertence à marinha desde a época do escoamento do ouro das Minas Gerais pelo Rio de Janeiro.

17. Mosteiro de São Bento: Local já mencionado no blog

Esse é basicamente o roteiro feito no trajeto feito pelo passeio marítimo.

Curiosidades:

   A Ilha de Villegagnon foi colônia francesa em 1555, porém em 1560 foi retomada pelos portugueses. Antes de ser Escola Naval, virou a fortaleza de São Francisco Xavier. Apenas em 1938 foi criada a Escola Naval. Nicolas Durand Villegagno era um almirante francês.

   Por que Pão de Açúcar? Foram os portugueses que deram esse nome pela semelhança da formação geológica com uma forma, feita de madeira ou metal, em que os blocos de açúcar eram armazenados e transportados para a Europa.

   Algumas lendas sobre o Pão de Açúcar: Há quem diga que o Pão de Açúcar é o pé de um gigante adormecido. Entre muitas outras lendas, a montanha, na verdade, seria a silhueta de um ancião conhecido como Guardião da Pedra.

  Você sabia que o nome completo da cidade do Rio é: Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro?


Baía de Guanabara
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna


Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna


   A Ilha da laje ajudou muito os portugueses a proteger a Baía, pois de longe ela parece uma baleia; assim que os portugueses avistavam os inimigos eles começavam a bombardear os invasores, pois quando os eles percebiam que não era uma baleia já estavam sendo bombardeados. Além disso, o local servia de prisão.

   A Antiga Sé é um local com vestígio de mangue. No inicio era uma pequena ermida, dedicada a N. Sra do Ó, em 1590. Foi então convertida na Capela da Ordem do Carmo. Em estilo rococó, D. João VI a transformou em Capela Real, em 1808, quando chegou ao Brasil. Em 1822 passa a ser Capela Imperial. E por fim, com a proclamação da república passa ser a catedral Metropolitana em 1º de maio de 1900.

Cerimônias importantes na Antiga Sé:


  • Aclamação de D. João VI como Rei, em 10 de dezembro de 1822;
  • Coroação de D. Pedro I como imperador; em 1º de dezembro de 1822;
  • Coroação de D. Pedro II como imperador; 18 de julho de 1841;
  • Casamento real da Princesa Isabel com o Conde D’eu, em 15 de outubro de 1854.

   Quando fiz esse passeio me sentir em uma máquina do tempo, já o fiz três vezes e não me canso de levar meus amigos, nem minha família. É um passeio seguro e muito divertido, além de enriquecer culturalmente. Um diferencial deles é que os passeios saem na hora certa, amo a pontualidade deles.


Espaço Cultural da Marinha
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna



Espaço Cultural da Marinha
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna



Espaço Cultural da Marinha
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna



Espaço Cultural da Marinha
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna




Informações sobre o passeio

Endereço: Av. Alfred Agache s/nº, Centro – RJ.

De quinta-feira a domingo, consultar os horários no DPHDM.

Custo: R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia.

Telefone: (21) 2233-9165
Duração do passeio: 1h20min.





            Espero que vocês tenham gostado da publicação e curtam o passeio caso for.


Podem mandar mensagem no instagram com uma selfie do passeio para @lourencoerik.


Praça Mauá
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna










14 comentários:

  1. Oi Erik!
    Achei muito legal! Ainda não fiz esse passeio, uma boa dica pra esse feriadão! 😍
    Adorei as fotos!
    Bjs e feliz Páscoa!
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também já fiz esse passeio Carol, e super recomendo mesmo. As pessoas pensam que tem que ir para longe para fazer passeios legais assim, mas tem esse tão pertinho e super barato. =)
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi Karina, espero que consiga fazer o passeio e se divirta bastante! =)
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Olá!
    Nossa, que lugar lindo, amo lugares com belezas naturais e esse é realmente encantador, vou colocar na lista de lugares que quero conhecer.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Maria Eduarda! Que bom saber disso! ^^ Espero que goste bastante quando fizer esse passeio!
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Deu vontade de pegar o primeiro avião e ir para o Rio para fazer esse passeio. :) cada lugar lindo! Acho legal você trazer esse tipo de conteúdo pra cá, porque sempre que se pensa em turismo no Rio, fala-se em praia. É bacana conhecer mais da cultura.

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não é mesmo Fernanda? Apesar dos pesares, ainda somos uma Cidade Maravilhosa. Seria muito bom se mais pessoas valorizassem o que tem ao redor, além das praias... rs
      Bjks e obrigada pela visita! =)

      Excluir
  5. Que delícia de passeio! Quando eu for a RJ, farei com certeza!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Pathy! Seja muito bem vinda ao Rio de Janeiro! ^^
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir
  6. nossa que delícia de passeio! ja estive nessa regiao do centro do Rio e nao sabia que dava pra fazer esse passeio marítimo... com certeza vou querer fazer da proxima vez que for ao Rio

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Lívia, relaxa que você não é a única que não sabia... rs Ele não é muito divulgado mesmo... rs
      Mas vale super a pena, viu? Recomendo! ^^
      Bjks!

      Excluir
  7. Que incrível, esse é aquele passeio que todo mundo que for para aí tem que fazer. Amei demais as fotos!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kaila! Que bom que gostou do post e das nossas fotos! ^^
      Bjks e obrigada pela visita!

      Excluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo