Resenha do livro 10%

em 10 abril 2018

   Olá meu povo, como estamos? Hoje temos resenha do mais novo livro de nosso autor parceiro Paulo Mateus. Vem ver o que achei de 10% ! 😉


10%
Divulgação


18/30

Livro: 10%

Autor: Paulo Mateus

Editora: Amazon

Ano: 2018

Páginas: 198

Adicionar ao Skoob

10% é uma coletânea com dez contos distópicos. São eles:
O Mundo InvisívelAlice tem uma habilidade muito especial, um dom que a faz enxergar o mundo de uma forma completamente diferente, mas aos olhos das outras pessoas tudo o que ela faz é completamente cinza e sem cor. 
As Cabines de SuicídioAna sempre fica espantada e curiosa quando vê uma cabine vermelha, ela sabe o que acontece dentro delas e isso a assusta, mas esta aterradora invenção também exerce um tipo de encanto sobre ela. 
Construtores do ParaísoEles eram apenas dois irmãos fazendo o que todas as crianças faziam na Vila 115, mas durante uma fuga desesperada eles acabam caindo em um lugar estranho, que vai lhes revelar verdades belas e assustadoras. 
Deuses HumanosA entidade divina que rege o mundo resolve tirar umas férias e deixa o trabalho e todos os seus poderes para os humanos, que obviamente não vão conseguir fazer nada direito com essa responsabilidade. 
A IlhaVerônica acorda dentro de uma caixa de madeira que está despencando do céu, confusa ela consegue se libertar mas é atacada logo em seguida por um selvagem. Por sorte Said consegue salvá-la e eles entram na floresta, onde todos os mistérios e perigos estão escondidos.
AntaresA cidade fica acima das nuvens em um lugar isolado e estranhamente belo, as coisas não são perfeitas mas a ordem reina na medida do possível. Como punição os criminosos são atirados para fora da cidade, para morrerem na superfície tóxica do planeta, mas para os moradores isto é também um espetáculo agradável aos olhos. 
WatsonUm sistema criado para administrar uma sociedade quase perfeita acaba enfrentando problemas incomuns, obrigando-o a tomar medidas extremas.
A Flor VermelhaEm um lugar isolado e esquecido pelo resto do mundo residem os sobreviventes de um regime totalitário, na busca pela sobrevivência eles vão acabar descobrindo pedaços de um passado assombroso. Enquanto se questionam sobre as descobertas eles acabam indo parar em um lugar onde vão obter todas as respostas.
A Última CinderelaEssa é uma história que se passou em uma cidade muito distante, onde existia um povo de características muito peculiares que foi amaldiçoado por uma bruxa cruel. Mas uma jovem muito especial começou a se questionar e desafiar as garras que se fecharam sobre a cidade, o que aconteceu depois só lendo para você saber. 
ParaísoJúlia tinha uma vida normal, estava acostumada a lidar com objetos perigosos por causa do seu trabalho, mas de uma hora para outra ela se vê segurando uma obra de arte e entra em uma corrida desesperada para se livrar daquilo.

10%
Divulgação

   10% é uma coletânea de contos... e todos sabemos o quanto contos são difíceis de resenhar, ainda mais por serem coisas rápidas e curtas. Mas vamos tentar.
   Todos os contos são distópicos e se passam em futuros alternativos. Confesso que o Paulo me surpreende toda vez por duas coisas, consigo ver claramente o quanto a escrita dele vai evoluindo, mas sem perder a fluidez e ele tem realmente dom para contos mais de horror...
   Fiquei realmente assustada com alguns detalhes, especialmente nos contos de Câmaras de suicídio e Flor vermelha. Sério, os detalhes são tão incríveis que eu me imaginei nas cenas. E sim, morri de medo... E ainda fui maluca de ler algo que me deu medo de noite, pouco antes de dormir... (nem preciso dizer que foi difícil pegar no sono depois, né?).
   Um que achei super interessante foi o do Watson, pois mostra um futuro alternativo dos humanos, que chegaram ao ponto tão crítico, que criaram androides e um sistema que os controlasse para que salvassem a Humanidade... mas na real fomos substituídos por eles! Isso me lembrou muito Matrix, e tantos outros filmes/livros, onde isso seria uma alternativa, de tanto que temos essa ideia de criar inteligência artificial... será que com tantas possibilidades as pessoas ainda tem essa vontade louca de ter um robô em casa que faça as coisas para você? Eu acho que eu mesma posso levantar e caminhar com minhas pernas, ainda mais lendo essas coisas que podem nos acontecer...
   "Mas Hanna, você tá viajando, por que você acha que isso realmente iria acontecer sua louca?"  Na real não sou tão louca assim, é só ver que as previsões são que a tecnologia anda tão avançada que se continuarmos, seremos absolvidos por ela... então por que não posso pensar nesses futuros alternativos como algo que possa ser real um dia e temer nossa capacidade de chegar até eles?
   Um que me fez rir foi Deuses humanos. Ele mostra o que aconteceria se tivéssemos os poderes divinos nas mãos... e, cá entre nós, não foram ideias lá muito inteligentes... E a gente acaba rindo das situações, rindo para não chorar...
   Outra coisa que achei interessante nos contos do Paulo foi que nenhum deles tem um final certinho... todos são abertos para a gente pensar no que podia acontecer com os personagens... E não são uns finais muito bonitos que pensei, dado o que os contos nos levam a pensar...
    Como eu curto ficção científica e distopias, curti bastante a leitura, embora tenha ficado com medo de uns contos... Eu recomendo para quem gosta de uma leitura rápida e fluida, mas não posso classificar como levinha... na verdade tem que ter estômago para ler uns desses contos... mas se você tiver coragem, vale super a pena, viu?
    Os contos estão disponíveis em formato único, o 10%, ou separadamente, todos a venda na Amazon.
    Para quem não conhece os outros livros do autor, alguns estão resenhados aqui no Mundinho:

Fuga para o paraíso

Fantasmas do espelho

Clickbait

  Além de uma entrevista super legal com o autor.
  Agora vamos falar um pouco sobre o livro em si... Bom, todos os livros ao autor são em formato ebook, então posso falar sobre o que eu vi no meu leitor digital.
  Logo assim que você abre o arquivo, tem os agradecimentos ao autor e as sinopses dos contos, então você já sabe o que vai encontrar no decorrer das páginas.
  Eu gostei da fonte ser bem legível, assim a leitura fluiu bem e sem precisar recorrer ao zoom. Mas para compensar, tem alguns erros de edição de texto que me incomodaram um bocado. Nada muito grave, mas se você está envolvido com a leitura e, de repente, te aparece uma quebra de linha do nada na frase, ou uma palavra com erro de digitação, não sei para vocês, mas eu fico tão incomodada que meio que me perco no que eu tava fazendo... aí custa um pouco para eu me envolver novamente.
   Assim como as sinopses em ordem logo no início, o arquivo tem índice para nos ajudar... No livro físico isso não me faz diferença, mas no arquivo digital eu A-M-O quando tem índice, porque além de deixar o conteúdo mais organizado, eu sei em qual posição do livro estou, e me ajuda a procurar as citações daquele capítulo que eu esqueci de marcar, mas agora me parece interessante. Com o índice eu sei onde os capítulos começam e minha pesquisa no leitor é mais fácil...
   Todos os contos são narrados em terceira pessoa e os fatos, por serem em contos, não demoram muito para acontecer. Mesmo assim, são bem amarrados e não deixam pontas soltas, a não ser os finais que te deixam livre para pensar no que aconteceu depois...
   Apesar de serem uma coletânea de contos distópicos, são personagens completamente diferentes e cenários também. Então preparem-se para pular de um mundo para outro no virar de uma página. 
   Mesmo tendo uns probleminhas aqui e ali, para esse livro eu dou umas 5 estrelas, pois gostei bastante.


    Vocês gostam de ler contos também? Ou só livros, que tem mais detalhes? Já conheciam os outros livros do autor? Me contem aí!
     Até mais!



4 comentários:

  1. nossa,deu curiosidade de ler,rsrssrs
    vou procurar no kindle.
    amei seu blog.
    http://escreverdayse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Dayse, aproveite a leitura! =)

      Excluir
  2. Não conhecia o autor, mas super fiquei com vontade de ler esses contos, também sou chegada em ficção e caso os robôs cheguem enquanto eu estive por aqui: passarei longe deles. Esse bocado de filme e livro sobre o assunto não pode ser de bobeira, tem que ter alguma coisa aí hahahaha

    http://escritoradequinta.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que penso a mesma coisa Tati! kkkkk
      Vamos ficar de olho e procurar fugir dos robôs! =p
      Bjks e obrigada pela visita! =)

      Excluir

Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo ao Mundinho da Hanna.
Ficarei imensamente feliz com seu comentário, desde que:
- Não contenha palavras de baixo calão;
- Não seja span.
Os comentários costumam ser respondidos nos finais de semana. =)
Bjks!

© Mundinho da Hanna | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.
Topo