08 junho 2016

#Um bom lugar pra ler um livro: Museu do Amanhã

   Olá pessoal! Como estamos nessa semana mega chuvosa (pelo menos pra quem mora aqui no Rio, rsrs)? Hoje é dia de #Umbomlugarpralerumlivro e o lugar escolhido foi o Museu do Amanhã. Vem ver! =)




   O Museu do Amanhã fica na Praça Mauá, também conhecida como Zona Portuária do Rio de Janeiro. É uma das obras de revitalização do local, além de fazer parte do programa #cidadeolimpica. Para quem não mora aqui no Rio, ou mora mas ainda não teve a oportunidade de conhecer o local, ele tem um design bem moderninho (afinal, remete ao futuro) e tem um espaço bem família mesmo.
   Quanto às exposições, tem uma permanente, que é ‘De onde viemos? Quem somos? Onde estamos? Para onde vamos?’. Nessa exposição, podemos ter uma noção da biodiversidade de organismos do planeta, tanto atual, quanto estimativas para o futuro. Tem também uma parte dedicada ao funcionamento do corpo humano, com ênfase ao sistema nervoso e tudo que o cérebro é capaz de fazer conosco.
   Além disso, existe uma parte dedicada ao nosso futuro, onde atenta para tudo que estamos fazendo (consumismo desenfreado, poluição, desmatamento, etc.) e o que pode causar em alguns anos à nossa população. Com imagens e vídeos chocantes, a ideia é deixar as pessoas impactadas com o planeta que vivemos no momento e o que podemos fazer para preservar e tentar salvar o que ainda temos, antes que acabe tudo de vez...





   Além da exposição permanente, existe a temporária: ‘Poeta voador Santos Dumont’, que conta sobre as tentativas de voo e um pouco sobre os sonhos dele. Tem umas áreas muito legais para tirarmos fotos, vídeos onde podemos ver um pouco dos aviões, dirigiveis e balões da época, além de tentar a sorte e voar no Demoseille, através de um sorteio eletrônico. Infelizmente, nem eu nem meus amigos conseguimos o feito, então ficamos só na vontade olhando ele de longe (rsrs). Para as crianças, ainda nesse espaço, elas podem brincar à vontade na oficina de aviões, onde elas montam e remontam aviões de papel e podem subir até uma ‘pista de pouso’ e lançar suas criações. 



   
   Do lado de fora, existe um espaço bem amplo, onde podemos observar  a Baía de Guanabara, a Ponte Rio-Niteroi e uma parte do Centro Cultural da Marinha. Existe também um espelho d´água, que rende fotos maravilhosas também. Agora vamos aos pontos positivos e negativos:








Pontos positivos:  

- A vista é bem bonita do lado de fora do museu, com direito a observar os grandes navios de cruzeiros que passam na hora;
- As fotos ficaram muito legais e renderam muitas lembranças de um domingo bem divertido ao lado dos meus amigos;
- As exposições ficaram bem legais, com direito a cartões, que incrementam todos os setores das exposições, de forma personalizada.

Ponto negativo:

- Não curti as filas. Lá tem fila para entrar até e algumas exposições.

   Para quem quiser ir lá o Museu do Amanhã, aconselho a comprar as entradas pelo site, assim, você já chega lá na data e na hora marcada, sem problemas em enfrentar filas logo de cara, pois elas são enooooooooooormes. Outra vantagem é que a entrada é mais barata quando comprada pela internet, o que nos ajuda também... (rsrsrs)



    Bom, essa foi a postagem de hoje. Espero que tenham curtido e até mais! =)


2 comentários :

  1. Oi Hanna! Adorei o seu post, fiquei aqui babando por essas exposições, principalmente a de Santos Dumont. Realmente é complicado quando se tem tanta fila, a gente acaba desanimando um pouco.
    Ótimo ver seus passeios,poste sempre aqui,para acompanharmos mesmo que de longe. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karla! Pode diexar, pedido anotado! ;) Mt obrigada pela visita e seja sempre bem vinda! ^^

      Excluir

Muito obrigada pela sua visita! Você é sempre bem vindo(a) aqui no Mundinho! =)
Agora, para finalizar sua passagem pelo meu cantinho, que tal deixar um comentário? Garanto que não vai demorar! ;)
Bjks!