05 março 2017

Projeto 52 Semanas: 9/52

  Olá meu povo, como estamos? Hoje é domingo e é dia de.... pois é, Projeto 52 Semanas, em parceria com o Prateleiras da Fê. Como março é o mês das mulheres, cá estou eu para falar de livros com mulheres fortes. Vem ver o que preparei pra vocês! 😊


    Então, para esse tema, escolhi biografias que falam de mulheres fortes da nossa História. Óbvio que se fosse falar de todas não caberia nesse post, então selecionei 5 personalidades marcantes da nossa História.

1. Coco Chanel



   A maior personalidade da moda no século, Coco Chanel costumava dizer com ironia: "Podem copiar meus modelos. É um prazer". Deliciosa vingança de uma menina orfã, vida do interior da França para a capital aos dezesseis anos iniciar uma tragetória que conheceu altos e baixos e várias gerações. Cortejada pelo grand monde - Picasso, Cocteau, Diaghilev, Stravinsky, eram alguns de seus amigos -,misteriosamente envolvida pelo alto comando alemão numa inglória missão diplomática, ela sofreu o ostracismo mas soube reagir à altura e manter-se na crista da onda até o fim de seus dias (Fonte). 


2. Madre Teresa de Calcutá



  Por meio de suas próprias palavras, celebre a vida e a obra de uma das maiores figuras humanitárias do nosso tempo. Canonizada em 2016 pelo Papa Francisco e ganhadora do prêmio Nobel da Paz em 1979, Madre Teresa é uma das líderes espirituais mais conhecidas e mais amadas do mundo. Ela inspirou milhões de pessoas com seu extraordinário exemplo de trabalho altruísta e repleto de compaixão pelos pobres, doentes e excluídos. Até sua morte, em 1997, ela foi uma voz firme de amor e fé, proporcionando orientação e bondade imensuráveis para os “mais pobres dos pobres”, feito conseguido com a ajuda de suas Missionárias da Caridade (Fonte).


3. Anita Garibaldi



   Romance histórico baseado na vida de Anita Garibaldi. Por força do destino, nasceu Ana, filha de uma família pobre, no sul de Santa Catarina. Por imposição, casou-se com um homem desprezível, ainda na adolescência. Por amor e sede de liberdade, tornou-se Anita e juntou-se aos farrapos no combate às forças imperiais. A menina que desafiava os costumes encontrou seu norte em Giuseppe Garibaldi - uma paixão arrebatadora que uniu dois mundos. Almas gêmeas no amor e na ideologia, Anita e o "pirata italiano" buscaram a liberdade do povo e encontraram lugar na História do Brasil e da Itália. Assim foi Anita Garibaldi - menina rebelde, mulher apaixonada, mãe de cinco filhos, soldado valente na luta contra a fome, o medo e o desânimo. E esta foi a história de Anita e Giuseppe - um amor que resistiu à opressão, atravessou o Atlântico e venceu todos os obstáculos, sempre iluminado pelas chamas da revolução (Fonte). 



4. Marie Curie





   Primeira mulher a conquistar um Nobel e uma das raras pessoas a receber um segundo, Marie Curie aparece nesta reveladora biografia como a grande cientista que efetivamente foi. Susan Quinn, porém, revê sua fundamental contribuição à ciência, reduzindo o peso exagerado à descoberta do polônio e do rádio (e à associação deste último com o tratamento do câncer) e situando-a, sobretudo, entre os pioneiros da física nuclear (Fonte).


5. Ada Lovelace





   Ada Lovelace, que dá ao nome ao dia comemorativo celebrado nesta data, é reconhecida internacionalmente como a primeira programadora da história. Augusta Ada King, nascida em 1815 com o nome Augusta Ada Byron, conhecida como Condessa de Lovelace ajudou o colega, Charles Baggage, no desenvolvimento da primeira máquina de cálculo, além de ser responsável pelo algoritmo que poderia ser usado para calcular funções matemáticas. O trabalho de Ada Lovelace permitiria que a máquina calculasse os números de Bernouilli. Entre 1842 e 1843, ela criou notas sobre a máquina analítica de Babbage, que foram republicadas mais de cem anos depois. A máquina foi reconhecida como primeiro modelo de computador e as anotações da condessa como o primeiro algoritmo especificamente criado para ser implementado em um computador (Fonte).

   Então meu povo, essas são as mulheres fortes que escolhi para o post do nosso mês. Como podem ver, estavam presentes e marcaram a História em vários aspectos, moda, religião, ciência... Somos fortes, basta termos força e lutarmos pelo que queremos. 
 Espero que tenham curtido e não se esqueçam de passar no Prateleiras e conferir o que a Fer preparou para o tema! 😊
   Até mais!


4 comentários :

  1. Olá! Adoro esse desafio e, para variar, adorei o post e suas escolhas! Adoro principalmente a Anita e a Madre Teresa. Se eu estivesse no seu lugar, incluiria Olga Benário, sou fã da história dela.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karla, são tantas mulheres incríveis em nossa História que é difícil escolher para contar sobre. Aqui só cabiam 5... rs
      Bjks!

      Excluir
  2. Anita Garibaldi é incrível, não sabia que tinha biografia dela pela Fundamento, vou procurar pra ler!

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Stephanie, tem sim. Depois me fala o que achou! =)
      Bjks!

      Excluir

Obrigada pela visita! Agora deixe uma blogueira feliz, comente, compartilhe e seja sempre bem vindo no Mundinho da Hanna! =)