16 novembro 2015

Diário de Viagem: Campos dos Goytacazes

  Olá pessoal! Como estamos todos nessa semana que se inicia? Como todos perceberam, o blog ficou parado na semana passada. 



   Mas não foi por preguiça ou falta de inspiração (rsrsrs). Dessa vez foi em nome da minha carreira mesmo (profundo, rsrsrs). Fui estudar e conhecer uma cidade daqui do Rio de Janeiro mesmo, chamada Campos dos Goytacazes, que é tema do Diário de Viagem de hoje. Vem ver! =)

    Então, para quem não conhece ou não mora aqui no Rio, Campos dos Goytacazes é uma cidade situada na Região do Norte Fluminense, próximo de São João da Barra (região litorânea). Para chegar lá, pode ser de ônibus ou de carro. Eu fui de ônibus, saindo da Rodoviária Novo Rio e, até lá, levei cerca de 4h de viagem sem trânsito, já que fui num domingo de manhã (relativamente longa para dentro do Estado). 


    Durante o trajeto, a paisagem é bem bonita para quem curte áreas verdes. É só o que temos, com mais os pastos, que são bem comuns por aquelas bandas. 
   É pequena e pacata comparada com a capital Rio de Janeiro, e bem fácil de se achar. Fiquei hospedada no Centro da cidade, próximo a lojas diversas e pontos de ônibus que iam para a UENF (onde fui estudar durante essa semana). Além disso, existem alguns pontos turísticos, como a Basílica do Santíssimo Salvador (próximo de onde fiquei hospedada).


  Próximo à UENF, existem locais de descontração bem legais e tranquilos, como pizzarias, bares, lanchonetes... Lá, fui em dois desses locais: uma pizzaria e um barzinho. Na pizzaria, o que achei legal foi a pizza quadrada (confesso que nunca tinha visto uma pizza quadrada, para mimi foi a novidade, rsrsrs). O rodízio não é muito barato, mas até que valeu à pena, porque é muito boa e super indico. 





   Já no barzinho, o lance é bata frita com calabresa e pastel. Mas e daí, Hanna, batata frita e pastel tem em todo lugar. Isso é verdade, mas eu nunca tinha comido um pastel que medisse 2 cm X 2 cm... (Como deu para notar, essa foi uma semana de estudos e muita gordice... rsrsrs)
    Além disso, não é ruim andar pela cidade à noite, apesar de ter que tomar certo cuidado por onde passa, assim como em toda grande cidade. ônibus e táxis são fáceis de conseguir e passam bem em frente à universidade...
   Quanto ao curso, foi um bom aprendizado. Uma técnica que já conhecia apenas de nome e fui oficialmente apresentada a ela. Novas amizades e novas ideias formadas. Foi muito interessante e divertido. =)
   Retornei para casa depois de apresentar o trabalho final, que foi bem legal saber que depois de tantas fórmulas estatísticas e programas dos quais morria de medo de mexer, perdi o medo e agora posso dizer que sei o que estou fazendo... (rsrsrs) Voltei na sexta feira, depois de umas 5h de estrada (voltei de carona e peguei retenções pelo meio do caminho), cansada, mas feliz por ter conhecido mais uma universidade, mais uma cidade e ter feito novos amigos durante essa semana. 
   Como não podia faltar, o livro que me acompanhou durante essa semana foi Prelúdio à Fundação, de Isaac Asimov. Meu parceiro para as noites tranquilas de Campos.



   Bom pessoal, essa foi a postagem de hoje. Espero que tenham curtido e até mais! =)

               Hanna Carolina.


2 comentários :

  1. Viajar é a coisa mais maravilhosa que existe rs Parece ser um lugar muito bonito e tranquilo.
    Ah, e me deixou com fome esse post hein kkkk pode ser pizza quadrada, triangular, retangular que eu caio dentro 💟💟💟 kkk

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkk
    A pizza foi aprovada mesmo Karen! Tanto que tô sofrendo pra perder o peso extra que trouxe de lá comigo! hahahaha
    Bjks!
    Hanna Carolina.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Agora deixe uma blogueira feliz, comente, compartilhe e seja sempre bem vindo no Mundinho da Hanna! =)