13 julho 2015

#Um Bom Lugar Para Ler Um Livro: CCBB

   Bom dia pessoal! Hoje, depois de muito tempo, é dia de #UmBomLugarParaLerUmLivro. O quadro de hoje nos leva até o Centro do Rio de Janeiro, para a exposição que tá rolando no CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil).





   Fui com uma amiga à exposição de Picasso e a Modernidade Espanhola, cujas obras foram cedidas pelo Museo Nacional Centro de Arte de Reina Sofía, de Madri (Espanha). Como Picasso é o mais famoso, as obras dele estão em maior evidência, já que ele influenciou muitos artistas na época, seja para pinturas ou esculturas, toda forma de arte era válida.
  Então, apesar das filas ficarem gigantescas, vale muito a pena ir lá no CCBB. Podem entrar grupos de 30 pessoas por vez e a exposição conta com uma visita guiada, também gratuita. Optei por esse tipo de visita, que foi muito divertida por sinal, e pude ouvir um pouco mais sobre não apenas o contexto histórico da época, mas sobre o próprio artista, que não estava escrito nas passagens próximas das obras. Então foi bastante enriquecedor =)



Uma prévia dos quadros, já que não podemos tirar fotos das obras originais.

   Não apenas as obras de Picasso estavam expostas, tinha também algumas de Dalí e outros artistas espanhóis que participaram nos registros da Guerra Civil Espanhola e outros acontecimentos políticos. Esse tipo de evento é muito enriquecedor, pois além de ser uma fonte de conhecimento muito criativa e inteligente, é gratuita. E é uma oportunidade única, já que quem quiser ver as obras desses artistas teria que sair do país. A exposição ficará disponível no CCBB até setembro/2015. Então, se você mora aqui no Rio e ainda não foi, dá tempo de ver essa exposição maravilhosa.
   Ah, algo que achei muito legal também foi que, ao sair da sala de exposição, podemos participar do Labirinto, que é uma montagem feita com espelhos em forma de labirinto mesmo (que é pequeno, então não dá pra se perder como nas lendas, rsrsrs), feito com várias formas geométricas diferentes, onde a gente pode se ver como nas obras de Picasso. E tem um aplicativo também, que você lê o código e suas fotos ficam como os quadros do pintor. Eu fui no labirinto e gostei, mas não tive coragem ainda de baixar o app pra testar nas minhas fotos... rsrsrs


Digamos que nossa tentativa de virar obra de arte não deu muito certo, rsrsrs

   Como fica na esquina, aproveitei para ir ao Centro Cultural dos Correios, que estava tendo uma exposição muito legal sobre fotografias, o FotoRio2015, que é um encontro internacional e reúne fotos muito lindas de eventos do cotidiano da Cidade Maravilhosa. E se você pensa que fotos do cotidiano carioca se resume apenas a praias, está certo em parte, pois além de fotos do litoral, tem muitas fotos lindas de momentos dos horários de pico da cidade, eventos de manifestações e afins.  No segundo andar tinha a exposição de A muito leal e heroica história de São Sebastião do Rio de Janeiro, que são gravuras e telas do cotidiano e eventos históricos do Rio de Janeiro durante a estadia da Família Real e depois Império. Infelizmente essa se encerra no domingo, 12/07. Então quem não viu, não vai ver mais =/. Mas a de fotos atuais ainda vai ficar mais um pouco em exposição, ainda dá tempo, corre lá! =)



   Quem me acompanhou nesse sábado cultural foi Nobres Vigaristas – Mares de Sangue, de Scott Lynch. Assim que terminar de ler teremos resenha dele aqui no blog, mas se você quiser saber mais sobre o primeiro volume da série (esse é o segundo), clique AQUI.
   Então é isso pessoal, fico por aqui e até a próxima! =)


                Hanna Carolina.

  


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Agora deixe uma blogueira feliz, comente, compartilhe e seja sempre bem vindo no Mundinho da Hanna! =)