12 junho 2015

Projeto 52 semanas: Semana #4

    Olá pessoal! Mais uma sexta feira que chega e, com ela, o Projeto 52 Semanas! =)


   O tema dessa vez é Meus Filmes Favoritos e vou tentar não repetir os filmes que estão na postagem da última quarta feira (caso não tenha visto, clique AQUI).
   E vamos lá ver quais são meus filmes favoritos! =)



Resolvi fazer um Top 5 dos meus filmes favoritos:

1. O Código Da Vinci




   Esse filme não é tão novo, nem tão antigo (2006), mas meu dvd já está quase arranhado de tanto que assisto... rsrsrs
    Tenho o livro dessa história também e gosto muito da abordagem de Dan Brown. O que causou um grande debate acerca desse filme foi que se dizia que Jesus não seria o Filho de Deus e teria tido um filho com Maria Madalena, cujos descendentes viveriam até hoje entre nós.  
   Óbvio que não defendo isso, mas o que gostei muito desse filme foi que ele trouxe à tona curiosidades históricas, como a questão dos símbolos que temos hoje em nossa sociedade, que usamos na moda, em nossas casas, que hoje tem um significado, porém o original ninguém sabia. 
   Além disso, ele põe em debate a força da fé das pessoas. Será que saber disso fortaleceria ou enfraqueceria uma religião?  Algo bem filosófico se for parar pra pensar... 

2. Anjos e Demônios




   A primeira aventura de Robert Langdon, o famoso professor e simbologista de Harvard. Mais uma vez ele se envolve com a Igreja e com coisas que poderiam ser ditas obras de conspiração, como os Illuminati e seus símbolos entre nós. Gostei muito desse filme, por abordar uma relação que, na minha opinião, já poderia ter sido resolvida há muito tempo, a relação entre Ciência e Fé. 
  Aliás, tem uma passagem do livro, que também é dita no filme, que gostei muito:  "- Ele acreditava que a Ciência e a Igreja contavam a mesma história, porém com ângulos diferentes."

3. Batman  Begins




   Batman é meu super herói favorito! Nesse filme foi feita uma versão mais sombria de Bruce Wane, de como tudo começou na vida dele. Que gostei muito na verdade, pois mostrou um cara sofrido, corajoso e que, mesmo quando tinha tudo para se tornar um cara malvado, acabava por ajudar as pessoas a se sentirem mais protegidas. 
   Ainda assim, foge daquela figura de que por que o cara é o "mocinho" da história, deve ser sempre bonzinho, carinhoso, gentil e coisas afins. Bruce Wane é um cara muito inteligente, bonito e mesmo sendo o mocinho, tem seus defeitos e isso é que o torna mais humano.  

4. O Conde de Monte Cristo




   Pense numa época em que você é jovem, tá de casamento marcado e tudo está às mil maravilhas. De repente, você é preso, por uma acusação que você nem sabia que podia recair sobre você, mas como não sabe ler (o que era comum aos reles mortais no século XVIII), acredita numa pessoa que se diz inocente e te pede para entregar uma carta. Ou seja, você está no lugar errado, com a pessoa errada, na hora errada. 
   É isso que acontece com Edmond Danté, vítima da ganância e inveja de quem julgava ser seu melhor amigo. 
   Esse filme é baseado num clássico de Alexandre Dumas, de mesmo nome do filme, que é gigante e de uma linguagem mega rebuscada (lembram do que eu disse sobre Os três mosqueteiros? Clique AQUI para ler).
   Ele é um dos meus favoritos porque ele mostra o que uma pessoa é capaz de fazer quando movida por ganância e inveja e me faz pensar no mundo de hoje, que ainda tem pessoas assim, infelizmente, e no fim que elas podem ter se continuarem nesse caminho...  
5. Entrevista com O Vampiro




     Já imaginou se um vampiro resolvesse vir à público e contasse que nem sempre foi um monstro como as histórias rotulam? E se ele mostrasse que ser um imortal não é nenhuma dádiva, quando para isso deve ser um "bebedor de sangue" de pessoas que um dia fizeram parte do seu círculo social? Como deveria ser o drama de ter que dormir durante o dia e caçar sua "comida", com elegância e estilo? Assim vive o pobre Louis, um vampiro que conta sua história depois de séculos entre nós. 
   Nunca comentei aqui, mas sou louca por histórias de vampiros. Apesar de hoje serem famosinhos vampirinhos que viram purpurina no sol (me desculpem as fãs de Crepúsculo e afins, rsrs), mas vampiros bons foram os do clássico Drácula e os criados por Anne Rice, das Crônicas Vampirescas. Esse filme foi de 1994, adaptação do primeiro volume da autora, de mesmo nome. O elenco foi composto de ninguém mais, ninguém menos que Brad Pitt, Tom Cruise (sou mega fã dele! ^^) e Antonio Banderas, em suas melhores fases. Então pense em três vampiros sexys, elegantes e muio charmosos em seus inícios de carreira. Além disso, foi, se não me engano, o primeiro filme da famosa namoradinha do Homem Aranha, Mary Jane, interpretada por Kirsten Dunst, que nesse filme fez a criança vampiro Claudia. Se você não leu o livro nem viu o filme, recomendo que faça isso logo, pois não sabe o que está perdendo! =) 

   É isso pessoal, espero que tenham gostado do post de hoje e não se esqueçam de conferir os filmes favoritos das parceiras desse projeto:




   Até mais! 

   Hanna Carolina.


2 comentários :

  1. O Batman também é o meu super herói favorito, gostei desse filme dele por seguir o HQ e sem contar que o Christian Bale caiu como uma luva para o papel, melhor Batman ever haha *-*
    Também sou apaixonada por entrevista com o Vampiro, Louis e Lestat <3
    Ótimos filmes, adorei as escolhas.

    http://www.sweetcarolinee.com/
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Carol, só fiquei triste pq no próximo filme que vai aparecer o Batman não será com esse ator... Mas fazer o quê, né? =/
      Bjks!

      Hanna Carolina.

      Excluir

Obrigada pela visita! Agora deixe uma blogueira feliz, comente, compartilhe e seja sempre bem vindo no Mundinho da Hanna! =)