15 maio 2015

As Maiores Bibliotecas do Mundo

   Olá pessoal! Como estamos nessa linda sexta feira? Então, passeando pela internet esses dias, resolvi procurar por bibliotecas. 


   Não sei onde vocês moram, mas por aqui é coisa cada vez mais rara de se achar... Porém pelo resto do mundo ainda é possível se encontrar bibliotecas enormes e algumas bem antigas. Fiz uma lista com as maiores bibliotecas do mundo que encontrei. Vem conferir! =)

Biblioteca do Congresso (USA) 



   Fica em Washington, D.C., capital dos Estados Unidos. Possui cerca de 155 milhões de títulos e é considerada a maior biblioteca do mundo atualmente, no quesito armazenagem e quantidade de livros, que estão disponíveis em 470 idiomas. Para se ter noção de quão grande essa biblioteca é, ela está localizada em três prédios (é coisa pra caramba!!!). Dentre as famosas obras literárias, a Biblioteca do Congresso possui uma das últimas cópias da Bíblia de Gutenberg no formato original.
   Qualquer pessoa pode visitar a biblioteca, independente de ser pesquisador ou turista, mas apenas quem tem o Reader ID Card é que tem “acesso livre” à coleção e à sala de leitura. Para conseguir esse passaporte tem que ser maior de 16 anos, porém só quem pode realmente mexer nos livros são pessoas da própria biblioteca ou membros oficiais do governo, ou seja, você tem acesso livre e ao mesmo tempo não tem... =p


Biblioteca Britânica



   Também conhecida como Biblioteca Nacional do Reino Unido, possui um acervo relativamente gigante, que cresce anualmente. Além do trivial (livros, jornais, partituras, manuscritos, etc.), a Biblioteca Britânica dispõe de coleções especiais. Nessas coleções a gente encontra o caderno de anotações de Leonardo DaVinci, Carta Magna, livros escritos por Jane Austen e itens dos Beatles (tinha que ter, rsrs).
    Lá existem prateleiras de cerca de 600 Km e que crescem a cada ano, por causa das novas aquisições (Reino Unido, aqui vou eu!!! =p). Lá tem material disponível para todos os tipos de pesquisa, desde estudantes escolares até pesquisadores universitários e afins e o material pode ser acessado pelo catálogo on line também. 


Biblioteca de NewYork



   Essa é uma biblioteca pública, que fica em Manhattan. É considerada não só umas das maiores bibliotecas do mundo, como também uma das mais significantes... Isso porque ela possui um enorme sistema de circulação pública e um de não empréstimo (ou seja, leia e deixe o livro lá mesmo). 


Biblioteca Nacional da Rússia



    Fica em St. Petersburg e foi formada a partir da Biblioteca Imperial, fundada por Catarina, A Grande em 1795 (que chique).
  A biblioteca tem mais de 17 milhões de volumes de livros e coleções, 450 000 manuscritos e 600 000 jornais.


Biblioteca Nacional da China



   Fica em Pequim, e é considerada também a maior da Ásia, com o maior e mais rico acervo de documentos históricos e literatura chinesa.  Dentre os manuscritos, são encontradas obras escritas em cascos de tartaruga, conchas e ossos e impressos em blocos. Inclui também obras que registram as dinastias chinesas e publicações da ONU e de governos estrangeiros, além de matérias em 115 idiomas.






   Apesar de ser uma biblioteca e que possui um acervo de manuscritos (como toda biblioteca, =p), achei bem legal uma alternativa que a Biblioteca Nacional da França disponibiliza: uma biblioteca digital, em um app chamado Gallica. Pode ser baixado de graça no App Store e no Google Play, e dá acesso a todos os documentos digitalizados, que incluem livros, panfletos, revistas, imagens, mapas, partituras... tudo em epub! =0.       Além de você ter acesso, pode ainda incluir documentos, para aumentar sua biblioteca! =) 

Academia Russa de Ciências



   É na verdade uma reunião de instituições científicas da Federação Russa, onde os membros devem ser eleitos. Está localizada atualmente em Moscou. 


Biblioteca Nacional (RJ)



   Também conhecida como Biblioteca Nacional do Brasil, fica localizada no Rio de Janeiro e é considerada uma das maiores do mundo e a maior da América Latina, de acordo com a UNESCO. Foi fundada a partir da Real Biblioteca de Portugal, que depois mudou o nome para Real Biblioteca Nacional e, atualmente, Biblioteca Nacional. Além da unidade no Rio de Janeiro, a Biblioteca Nacional dispõe de outras duas localidades: a Biblioteca Demonstrativa de Brasília e a Biblioteca Euclides da Cunha (essa é para o público infanto-juvenil).
   Nela é possível encontrar uma cópia da Bíblia de Gutenberg (aquela que também está na Biblioteca do Congresso) e a coleção icnográfica de Teresa Cristina Maria, que faz parte do Programa Memória do Mundo.  Além disso, tornou-se responsável pela promoção e divulgação de autores e livros brasileiros no exterior, através de participação em feiras internacionais de livros e concessão a editoras estrangeiras de bolsas de apoio à tradução de escritores brasileiros.


   Então pessoal, esse foi o post de hoje. Espero que tenham gostado. 
   Até mais!

  Hanna Carolina.

3 comentários :

  1. As bibliotecas são lugares incríveis não é? Hoje mesmo li uma notícia meio triste para nós que gostamos tanto delas. Deixo aqui o link: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cultura/literatura/noticia/2015/05/14/cidades-brasileiras-tem-poucas-livrarias-e-bibliotecas-diz-estudo-181256.php

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patrícia, infelizmente biblioteca virou coisa rara hoje em dia... =/ Aqui mesmo onde moro, logo que me mudei, tinha uma biblioteca comunitária, mas em seis meses ela fechou e não abriram outra. Nisso já se passaram 15 anos... =/ Pelo menos ainda existem sites que disponibilizam livros gratuitos e os sebos. Se não fossem eles, seria difícil manter o hábito da leitura... Obrigada pela visita.

      Excluir
  2. Uma mais maravilhosa que a outra!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Agora deixe uma blogueira feliz, comente, compartilhe e seja sempre bem vindo no Mundinho da Hanna! =)